Cidadeverde.com

As últimas do sábado no Judô

Sarah Menezes sofreu um corte superficial na mão direita durante a Copa do Mundo de Budapeste. A assessoria de imprensa da Confederação Brasileira de Judô informou ao blog que não há gravidade e a judoca estará pronta para lutar semana que vem na Alemanha.

Em Viena, na copa do mundo masculina, o judoca Alex Pombo (-66kg) perdeu a disputa do bronze e foi o melhor brasileiro do dia com um quinto lugar.

Judô: Pontos na Hungria não alteram ranking

Sarah Menezes perdeu a final para a japonesa Haruna Asami na Copa do Mundo de Budapeste. O resultado deve alterar pouca coisa no ranking da Federação Internacional de Judô, que classifica os 14 primeiros para as Olimpíadas de Londres, em 2012. A piauiense vai somar mais 60 pontos.

Os últimos números foram atualizados sem o Grand Slam de Paris, da semana passada, e só devem ser revistos após o torneio da próxima semana na Alemanha. 

Tomoko Fukumi segue líder com 1.460 pontos, e não deve sair desta posição. a francesa Frederique Jossinet é a segunda, com 940. Em terceiro vem Asami, com 750, seguida da sul-coreana Jung-Yeon Chung, com 720. 

No quinto lugar hoje está Shoko Ibe (568), do Japão. Atrás está a compatriota Emi Yamagishi (560). Sarah Menezes tem 540, e só sofre pressão no ranking de Kaori Kondo, do Japão (536), e Éva Csernoviczki (498), da Hungria.

Os pontos do ano passado vão começar a valer só a metade, e como os resultados seguiram a pontuação do ranking, os sete primeiros dificilmente sairão do lugar.

Haruna Asami: veja quem disputa o título na Hungria com Sarah Menezes neste sábado

Haruna Asami tem 21 anos. Será a primeira vez que a japonesa irá enfrentar Sarah Menezes. As duas decidem logo mais o título da Copa do Mundo de Budapeste.

No ano passado, ela ganhou a Universíade, em Belgrado, na Sérvia, as copas do mundo de Viena, na Áustria, e Sofia, na Bulgária, e o Grand Prix da Tunísia.

No último janeiro, ela derrotou a líder do ranking mundial, Tomoko Fumuki, na semifinal do Masters da Coreia do Sul, que reuniu os melhores do ano de 2009. Em seguida, ficou com o título.

Veja a luta de Haruna Asami no Masters da Coreia e olhe o que Sarah Menezes terá pela frente logo mais:



Sarah Menezes na final em Budapeste!

Eu já sabia! Chave baba, em condições normais, é Sarah na semifinal fácil, fácil. Já foram três vitórias: primeiro a belga Amelie Rosseneu, depois a russa Gayane Arutyunyan, e por último a romena Carmen Bogdan.

Na semifinal, Sarah encarou Shoko Ibe, a sétima contra a quinta do ranking mundial. Luta amarrada, algumas punições, e vitória de Sarah Menezes com um Waza-ari contra um Yuko.

A decisão do ouro será contra a japonesa Haruna Asami, terceira do ranking mundial. Agora teremos uma folga para as finais. E seja o que Deus quiser.

É preciso registrar: Sarah cai mal na primeira luta e sentiu algo na mão direita. A semifinal chegou a ser interrompida para que ela fosse atendida. Não pareceu ser algo muito grave, mas vamos torcer para que isso não atrapalhe em nada a decisão.

As outras brasileiras? Hoje, só a Sarah ainda disputa medalha em Budapeste.

Em Viena, na Copa do Mundo Masculina, só Alex Pombo (-66kg) briga por medalha. Ele já venceu a repescagem e aguarda as semifinais para a disputa do bronze.

Zagueiro artilheiro no Barras

O Barras, do técnico Danilo Queiroz, empatou na tarde de ontem um jogo treino com o 29 de Abril, de Cabeceiras. O placar de 4 a 4 foi feito pelo zagueiro Alex Costa, que marcou três gols, e o meia Paulo Nunes...

Zagueiro marcando três gols? É o que a assessoria do Barras nos repassou. Que coisa, hein?

O Leão jogou com: Fábio; Alex Costa, Dênis, Mineiro (Paulo Nunes), Cipó (Fábio Carioca), Felipe (Rennan), Emerson (Neném), Heitor (Maicon), Rigoberto (Cicinho, e depois Bruno), Marquinhos (Leandro) e Isael.

Sarah Menezes luta na Hungria; Veja a chave

Você esperou, e as chaves estão aqui. Não repare ao ler Viena no arquivo, eles erraram mesmo.

O Grand Slam de Paris reuniu na semana passada seis das dez melhores no ranking mundial do Judô. Neste fim de semana, a Copa do Mundo de Budapeste na Hungria tem mais inscritas na categoria até 48 kg (23 a 27), mas o nível é bem menor. Sarah Menezes saiu cabeça de chave dessa vez.

Nível menor não significa torneio fácil. Sarah tem caminho livre para disputar as semifinais. Diria que em condições normais, ela tem obrigação de pódio. Depois disso, no entanto, as pedreiras aparecem.

Na Chave A está a japonesa Haruna Asami, terceira do ranking mundial, que deve disputar vaga na final com a Alina Dumitru, romena que está na Chave B.

Sim, você leu direito: ela voltou! Alina Dumitru, que venceu Sarah Menezes na semifinal do Mundial Sênior de 2009, e na luta seguinte se machucou e deixou o torneio. A Alina campeã olímpica em 2008. Alina mais temida que a campeã mundial e líder do ranking Tomoko Fukumi, do Japão. Quem teve o azar de cair na chave dela foi a carioca Daniela Polzin, principal concorrente da piauiense na seleção brasileira.

Rafal Burza
Sim, essa Alina aqui, levando um Ippon da Sarah no Mundial de 2009. Pena que foi fora da área...

Sarah Menezes está na chave C, e encara na estreia a belga Amelie Rosseneu, de quem venceu na Copa do Mundo de Madri e no Grand Slam do Rio de Janeiro, no ano passado. O currículo das demais, acreditem, estão longe de inspirar algum perigo, exceto pela romena Carmen Bogdan, prata no Grand Prix de Abu Dhabi, no ano passado.  

Quinta no ranking, Shoko Ibe, do Japão, deve vencer a chave D e disputar a semifinal com Sarah Menezes.

Lutas neste sábado, a partir de 10h (6h em Teresina) e finais às 15h (11h em Teresina). Acompanhe por aqui.

Cinema Na Esportiva: Ernie Davis, o Expresso de Elmira e sua comovente história


No Limite
(The Express, EUA/Alemanha, 2008)

Aproveitando que o Superbowl rolou no último domingo, o filme de hoje fala de futebol americano. E lembrem-se, o blog não quer dar resenhas, mas indicar filmes que sejam legais, tenham a ver com esporte, e possam acrescentar algo para você.

The Express, que recebeu no Brasil o horroroso título "No Limite", consegue unir dois pontos importantes: a luta contra a segregação racial nos EUA, e luta para ser campeão no esporte. No mundo, poucos viveram tanto em tão pouco tempo e tiveram história tão impressionante e comovente como a de Ernie Davis.

No final dos anos 50, Ernie Davis, o "Expresso de Elmira" despontou como o melhor jogador afro-americano do país na liga universitária. Na verdade, era o melhor do país, o primeiro negro a conquistar o importante prêmio Heisman, dedicado aos melhores universitários do ano. Conseguia atravessar o campo inteiro sem ser impedido por qualquer marcador para marcar um touchdown.


Para isso, precisou convencer os próprios colegas de time, o técnico, e até outros negros. Enfrentou adversários dentro de fora de campo, desde garrafas arremessadas das arquibancadas a até apelidos nada gentis pelas ruas e gramados.

Ele venceu tudo o que poderia vencer. Tudo o que poderia. Pelo que não pode fazer, foi homenageado ainda em vida, e continua reverenciado até hoje com a aposentadoria da camisa que jamais vestiu. E chega de contar coisas do filme, vocês vejam o resto.

Se você admira Martin Luther King, precisa conhecer quem já mudava a cabeça de um país antes do ativista dizer "I have a dream...".



Carnaval sem Judô Folia

Diferente dos anos anteriores, a seletiva para o Sul-Americano Sub-17 e Sub-20 foi realizada antes do Carnaval. Com isso, os principais técnicos do Piauí não convocaram seus alunos para treinos neste feriadão, já conhecidos como Judô Folia.

- Eles foram muito exigidos desde janeiro e merecem um descanso, até para não sofrerem lesões no segundo semetre -, disse Abdias Queiroz Filho.

Expedito Falcão usou outro argumento:

- Acho que não vai acontecer, porque o Danys (Queiroz, presidente da Federação) se casou... Parece que a mulher dele não vai deixar (risos) - brincou.

Danys é quem comanda os treinos no Judô Folia, em revezamento com outros técnicos:

- Não é bem assim. É metade verdade, e metade mentira (risos) - emendou o dirigente.

O problema é que se o pessoal está cansado, Danys Queiroz quer é treinar. Ele espera resposta da turma que não treinou intensivamente para os últimos torneios.

Resta saber em quais dias a esposa o liberará para os treinos...

O ano que promete para o Ciclismo

O presidente da Federação de Ciclismo do Piauí, Graziani Fonseca, retornou recentemente da assembleia geral da Confederação Brasileira de Ciclismo pronto para fechar o calendário de eventos de 2010.

Calendário que deve ser fechado antes da cirurgia que fará para correção de problemas de visão nas  próxima semanas.

Depois de renovar o mandato pela ausência de candidatos a substitutos, Graziani Fonseca tentará aproveitar o bom momento que a modalidade vai passar a partir de maio. Uma novela exibida em rede nacional terá como protagonista um ciclista, interpretado pelo galã Cauã Reymond. Atrelado a isso, o calendário nacional sofrerá um incremento de provas para reforçar o esporte.

No Piauí, já existem conversas para se reativar o GP Teresina de Ciclismo, realizado no fim do ano.

Jovem do Piauí é convocada para o Sul-Americano de Atletismo Sub-23 na Colômbia

Cristiane dos Santos Silva, do Piauí, foi convocada (ver lista completa) para representar o país no Sul-Americano Sub-23 de Atletismo. O anúncio foi feito pela confederação da modalidade, a CBAt, nesta quinta-feira (11), com base no ranking nacional da categoria no ano passado.

Anotem bem, o Atletismo é o novo Judô do Piauí, e não é a primeira vez que digo isto.

Aluna do técnico Antônio Nilson, que também preside a Federação de Atletismo do Piauí, Cristiane foi convocada para integrar a equipe do revezamento 4x400 m. O Sul-Americano será disputado em Medellín, na Colômbia, de 20 a 22 de março.

Entre os convocados está a campeã mundial de menores dos 200 metros, Bárbara Leôncio.

Ainda preciso confirmar, mas creio que o feito é inédito, ao menos para uma mulher no Estado.

Posts anteriores