Cidadeverde.com

Renda de quase meio milhão vai pagar três meses de salário do Flamengo

Nas primeiras horas da quinta-feira, saiu renda e público do jogo Flamengo e Palmeiras. Foram 33.117 pagantes e R$ 474.970 arrecadados - valor bruto.

O presidente Everaldo Cunha (foto) acredita que, quando deduzidos pagamento de árbitros e outras despesas de jogo, vão embora cerca de 30% desse valor. Mesmo assim, ele espera que já dê para pagar três a quatro folhas salariais e garantir o time por quase todo o campeonato piauiense.

É importante frisar que o público de 33 mil pagantes não foi questionado por ninguém, ao contrário de outras partidas no passado recente do futebol piauiense.

Outra: não apareceram, segundo a diretoria, oficiais de Justiça para reter a renda em função de dívidas passadas.

O bicho de R$ 50 mil pela garantia da partida de volta já foi pago. O time comemorou a não eliminação com um jantar no restaurante Rei do Frango.

- Foi só um jantar, porque hoje nós já vamos voltar. Vamos trabalhar com tudo que é para tirar o Palmeiras. Vamos ganhar lá é de 2 a 1, e com chuva -, disse Everaldo por telefone ao blogueiro. 

O time volta a treinar no setor de esportes da UFPI hoje à tarde. 

Vídeo: 'Queima, queima, queima. Não presta'



Os palavrões foram retirados pelo nosso editor de vídeos Leandro Aquino Júnior.

Bom, vale ao menos o registro para quem foi embora e não viu o inusitado protesto, ou tentativa de, do torcedor palmeirense.

Flamengo-PI entre os mais citados no Twitter

Desde a noite de ontem que o termo "Flamengo-PI" aparece no Trending Topics Brasil da rede de Microblogs Twitter. Para os leigos no assunto, isso significa que o termo foi um dos mais citados por internautas em todo o país.

Há explicação. Foram muitas as matérias locais e nacionais da partida, publicadas na rede pelos veículos. Além disso, existem perfis que automaticamente "retuitam" mensagens com a palavra Flamengo. Foram feitos pensando no time carioca, mas acabam republicando as alusivas ao homônimo piauiense.

Depois que o Flamengo-PI apareceu entre os mais citados no Twitter, então foi a vez dele subir no ranking. A maioria das mensagens que li foi justamente de pessoas impressionadas com o fato do time estar na lista, e o Palmeiras não. Seguem algumas mais interessantes. 

emiliobotta: Depois de ver o Jardel (Flamengo-PI) ontem...to começando a achar o Ronaldo magro...rsrs!

adanelfo Parabéns ao time do Flamengo-PI que provou ser melhor que o Flamengo-RJ #CopadoBrasil #fato

lucasgdp Massacramos o Flamengo-Pi por 1x0! #libertadores2011 #vamoganhaporco #diegosouzanaselecao

JCarvalhoPC Tem palmeirense comemorando porque ganhou do incrivel Flamengo - PI kkk

vitorsandes O goleiro do Flamengo-PI se garantiu ontem. #meconvocadunga

sigaojoao Assistir Palmeiras x Flamengo-PI foi tão bom quanto assistir Matonense x Ferroviária, por exemplo.

bastosthiago Não desanimem, torcedores do Flamengo-PI! Depois da licença maternidade, o Jardel promete jogar os dois tempos do jogo. Assim, o time ganha!

Não presta.

Fotos: Fábio Lima/Cidadeverde.com
 

- É brincadeira! Queima, queima, queima. É uma vergonha! Não presta!

Ele se identificou como Reginaldo. Disse ter gastado um dinheirão para sair de Alto Longá, 80 quilômetros distante de Teresina, com a intenção de ver o Palmeiras da arquibancada. Ficou revoltado por, segundo ele, acompanhar seu time ser dominado pelo Flamengo.

- Eu sou palmeirense. Não sou flamenguista, não. Não presta! Esse time não presta!

Com copo de cerveja na mão, e a camisa verde na outra, ele gritava para os jornalistas que esperavam a coletiva no gramado: "Não presta". Enquanto isso, um flamenguista, a pedido do palmeirense, tentava atear fogo na camisa molhada, quase em vão. Da cena, os poucos torcedores presentes riam sem piedade. Ninguém sabia mais o que não prestava: o time, o fósforo, ou a camisa.

- Não presta. Essa daqui é porque é ruim, por isso que não pega fogo. Eu assisti jogo do Palmeiras foi fora do país, meu amigo...


Flamengo x Palmeiras: boa festa. Jogo...

O site oficial dos visitantes publicou que Teresina "inspira e respira Palmeiras". O público Albertão mostrou que quem se deu bem com marketing foi o Flamengo.

Talvez Jardel nunca tenha passado por isso. Ouviu seu nome ser gritado dezenas de vezes no estádio lotado, entrou em campo aos 46min do segundo tempo, e o jogo acabou.

A torcida era bem dividida, com certa maioria rubro-negra, e todos se divertiram. Jogador do Flamengo não podia pegar na bola que era grito para lá e para cá. Teve até grito de "olé" com 0 a 0 no placar, já viu isso?

Em campo, no entanto, nada fora do normal. As previsões se confirmaram. O Palmeiras era favorito, mas só mostrou por onde no segundo tempo, quando Muricy Ramalho mexeu bem (botou Lenny) e o time ainda se aproveitou de um Flamengo com menos ritmo, entrosamento, e poder físico.

Antes disso, o Flamengo chegou a mandar no jogo. A bola podia não chegar, a finalização podia não surgir, mas quem ameaçava era o time piauiense. Antônio Carlos armava, Joniel corria para o ataque, a zaga fazia marcação individual e impedia o Palmeiras de progredir. Nas poucas chances, quem se inflava era a turma da Raposa.

Muricy mudou o time ainda no primeiro tempo. Mesmo assim, disse que não foi surpreendido pelo Flamengo, porque tinha informações do amistoso com o Sampaio Corrêa. Se o Flamengo não o surpreendeu, então o Palmeiras talvez tenha o surpreendido. De novo, assim como em jogos do Paulistão, o time deveu. Mesmo cansado, teria aproveitado melhor as falhas rubro-negras se jogasse com mais empenho.

Não foi só cansaço e a maratona de jogos. Afinal, quem resolveu o jogo no segundo tempo foi justamente quem fez menos do que se esperava no primeiro. Diego Sousa marcou o gol e fez jogadas que poderiam ter eliminado a partida de volta.

Esbarrou em Herivelton. A torcida que esperava o artilheiro Jardel teve como herói o goleiro que sofreu um gol bobo se comparado com as grandes defesas feitas nos 20 minutos finais.

Valeu a festa. Valeu o empenho dos flamenguistas. Valeu o amor dos palmeirenses. Espero que tenhamos festas como esta ainda em 2010, mesmo que o jogo não seja lá o tecnicamente perfeito. Ou então, vamos esperar pela Copa do Brasil de 2011.

Mais flamenguetes

Raulino Neto

Eram 10 flamenguetes dessa vez. Para fazer 11, o Raposão é o goleiro. Esse time não perde uma!

Judô e futebol

Raulino Neto

Abdias Queiroz Filho sempre foi palmeirense. No ano passado, foi ao Flamengo e Vasco/RJ pela Copa do Brasil e entrou no campo com a criançada. Não sei qual o esquema dele, mas o técnico das seleções piauiense e brasileira de base do judô estava lá de novo, agora para ver o seu Palmeiras entrar em campo. De verde, mas com a camisa do Judô, e só na hora de acompanhar a garotada.

Muricy Ramalho vs imprensa: de novo

Repórter da rádio Globo questiona o técnico Muricy Ramalho durante a coletiva, feita na beira do campo após a partida. Ele pergunta sobre o desempenho do grupo, e cita que existem "erros primários para um time grande"...

- Isso é a sua opinião, eu não concordo. Você não vê o jogo que nós vemos.

O repórter insiste. Muricy responde a mesma coisa, já irritado, e emenda:

- Você é muito é mala...

Tudo ao vivo para emissoras de TV paga e de rádio. 

Fim de entrevista coletiva. Muricy volta para o vestiário apoiado por um solitário torcedor embriagado, que reclamava reforços para o Palmeiras.

Na mesma turma de jornalistas estava Fernando Gavini, repórter da ESPN, que há um ano teria feito uma pergunta ao então treinador do São Paulo com sorriso no rosto. Muricy perguntou se ele estava achando algo engraçado, e se irritou. O episódio foi tão constrangedor que a emissora resolveu boicotar o técnico, até o problema ser desfeito.

Revolta antes do jogo

O preparador físico do Flamengo, Eduardo Pereira, o Zecão, levava o time para o aquecimento antes da partida. E gritava. Não, berrava:

- Que p.... é essa! Quando a gente sai daqui, nem deixam a gente treinar, e é só virem de fora, mandam cortar a grama, e eles cortam!

Ele se referia ao fato do técnico do Palmeiras, Muricy Ramalho, ter pedido para cortarem a grama do estádio Albertão.

Posts anteriores