Cidadeverde.com

Versão piauiense de 'We are the world' tem mais de 35 mil visualizações

O clipe gravado por músicos piauienses da música "We are the world" já tem mais de 35 mil visualizações. Em agosto deste ano, um grupo de artistas resolveu se unir e soltar a voz para 'cantar' a união e a solidariedade. A versão piauiense tem o objetivo de ajudar o próximo, assim como a gravação oficial interpretada em 1980 por  astros da musical pop mundial, que cantaram para arrecadar fundos contra a fome na África.

A meta da campanha na internet é atingir 1 milhão de views no Youtube e assim conseguir recursos para ajudar famílias carentes de Teresina. 

"Cada visualização gera um grama de alimento. A gente pode pensar que isso é pouco, mas quando se atinge 1 milhão de visualizações, vamos chegar a uma tonelada de alimentos. Independente de atingir ou não, a gente vai doar essa tonelada de alimentos",  disse Kiko, vocalista do Retrohits e um dos 17 artistas que regravaram o hit no Piauí.

A cantora Giuliana Albano está empolgada em participar da campanha e fala do orgulho em ajudar o próximo. 

"Além do fato da gente está mostrando que o Piauí é uma terra de muita gente talentosa, ainda tivemos a iniciativa de ajudar quem precisa. Acho isso muito importante... ajudar hoje ainda está muito escasso. Que isso sirva de exemplo e possa ajudar muitas pessoas", disse Albano. (clique e assista o clipe). 

We are the world

Gravada em março de 1985, "We are the world" se tornou o maior sucesso beneficente da história musical e conta a lenda que alguns artistas entraram no estúdio sem conhecer a letra. A música conseguiu vender mais de 20 milhões de discos no mundo todo, ganhou três prêmios Grammy no ano seguinte e arrecadou US$ 75 milhões para a luta contra a pobreza no continente africano através da organização "USA for África".


Com informações TV Cidade Verde
redacao@cidadeverde.com