Cidadeverde.com
Geral

Servidores federais fazem ato para forçar Governo a negociar

Imprimir
Trabalhadores federais de diversos órgãos em greve se reuniram na manhã desta terça-feira (31) para um dia de mobilização a fim de forçar uma negociação com o Governo Federal. De acordo com Marcondes Fernandes, presidente do sindicato dos servidores do IFPI, 92 instituições de ensino federal estão parada sem todo o Brasil. 

O Governo Federal havia marcado para hoje uma reunião com as entidades que representam os professores, porém, o encontro foi cancelado. O Governo estuda uma contraproposta par apresentar à categoria. 

Além dos professores estão em greve servidores do Incra, IBGE, INSS, e iniciam o movimento os servidores dos Ministérios da Fazenda e do Trabalho. 

Marcones diz que “as categorias querem a reposição de perdas salariais, com reajuste de 22%. O governo ofereceu 45% para um número ínfimo de professores. Esse aumento só atinge 7% da categoria”

Segundo Paulo Bezerra, diretor da CUT, a discrepância salarial entre servidores com a mesma ocupação chega a 50%. Os professores estão em greve há 75 dias. 


Flash de Leilane Nunes
Redação Carlos Lustosa Filho
redacao@cidadeverde.com
Imprimir