Cidadeverde.com
Política

Wilson homenageia corregedor do CNJ com Mérito Renascença

Imprimir
O governador do Piauí, Wilson Martins, homenageou o ministro corregedor nacional de Justiça, vinculado ao Conselho Nacional de Justiça, Francisco Falcão, com a comenda do Mérito Renascença no grau grã-cruz (o mais elevado). 


Francisco Falcão é ministro do Superior Tribunal de Justiça, pernambucano, e veio ao Piauí para assinar o Pacto pela Justiça, compromisso interinstitucional pela melhoria dos sistemas judiciário e prisional do estado.


“Temos grande orgulho da justiça do Piauí. Muito se avançou no atendimento à população na ultima década. Estamos no caminho para garantir a inclusão de mais pessoas. Essa medalha é o reconhecimento da história do corregedor, um nordestino como nós”, disse o governador Wilson Martins, destacando o papel no CNJ na melhoria do Judiciário piauiense.


Segundo o governador, o Piauí é o décimo estado brasileiro que mais repassa recursos, proporcionalmente, ao Poder Judiciário. “É um grande esforço que fazemos. Mas para podemos avançar mais, contratando mais juízes, mais promotores, mais defensores, mais professores, mais médicos, mais servidores do sistema prisional. Não tenho dúvidas de que isso faz parte dessa união. Esse é o caminho da consolidação da democracia”, disse o governador.


O homenageado agradeceu a deferência do Governo do Piauí e reforçou seu compromisso em, através do CNJ, auxiliar o Judiciário piauiense a atuar de maneira mais eficiente. “Conclamo todos para, unidos, reconstruirmos o sistema prisional do Piauí”, complementou.


Francisco Cândido de Melo Falcão Neto

Nascido em 30 de maio de 1952, em Recife (PE), Francisco Cândido de Melo Falcão Neto é ministro do Superior Tribunal de Justiça desde junho de 1999. Atuou como corregedor-geral da Justiça Federal entre 2009 e 2011 e foi presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região entre 1997 e 1999.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir