Cidadeverde.com
Política

Luis Coelho diz que Zé Filho está "maduro" e indicação é pessoal

Imprimir
O novo superintende de Relações Institucionais, Luis Coelho (PRP), defendeu hoje (07) que Antonio José de Moraes Souza Filho (PMDB) "amadureceu" e tentará "acertar" em seu mandato à frente do Poder Executivo do Estado. Para Luis Coelho, Zé Filho está ouvindo o secretariado, procurando se inteirar dos problemas e focará o início de sua administração na saúde e segurança pública.

Raoni Barbosa/Revista Cidade Verde

"Engana-se quem pensa que Zé Filho vai passar nove meses por passar. Zé Filho mudou muito. Ele vai fazer de tudo para imprimir uma marca. Ele começou muito novo, com 18 anos assumiu o cargo de vereador. Quanto mais maduro a chance de errar é menor. Todos nós temos o direito de errar. Vejo em Zé Filho uma capacidade muito grande de ouvir e querer acertar", declarou.

A indicação de Luis Coelho não passou por partido ou lideranças. O ex-prefeito de Paulistana é da cota pessoal do governador. Por ser adversário político do ex-governador Wilson Martins (PSB), sua nomeação causou estremecimentos na base. 


Luis Coelho nega que tenha recebido alguma cobrança para votar em Wilson Martins para o Senado. "Quando fui convidado, nunca me foi perguntado [se voto em Wilson Martins]. Estou lá para servir ao governo Zé Filho, não farei nada contra suas orientações. Quando você serve a um governo, você não tem partido. Ele me conhece há muito tempo e sabe que quando estou servindo a um governo sirvo com veemência", disse.

O novo gestor comentou ainda que em todas as vezes que o então governador Wilson Martins o procurou, os pleitos foram atendidos.

Ainda de acordo com Luis Coelho, o fato de sua esposa, a deputada Lisieux Coelho, ser do PTB, sigla que compõe a chapa de oposição, em nada atrapalhará seu entendimento com o governo.

Luis Coelho reafirmou que Zé Filho manterá a palavra e cumprirá os acordos feitos com o PMDB e com a chapa governista.

Leilane Nunes
leilanenunes@cidadeverde.com

  
Imprimir