Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Fuga no CEM : Adolescentes serram grandes e fazem corda de lençóis

Imprimir

Sete internos do Centro Educacional Masculino (CEM) fugiram na madrugada desta terça-feira (4). Para deixar o local, os adolescentes serraram as grades, fizeram uma corda com lençóis e improvisaram uma escada humana para pular o muro mais alto da unidade. "O fato aconteceu por volta das 3h da manhã. Vamos realizar uma vistoria ainda nesta manhã e tentar recapturá-los", destacou o major Iran Moura Soares, comandante do Policiamento Externo da Sasc.
 

O CEM não foi a única unidade que abriga menores infratores a enfrentar problemas entre segunda e terça. Na sede do Programa de Semiliberdade da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc), localizada no bairro Primavera, também na zona Norte, foi registrada uma tentativa de rebelião, onde sete internos ameaçaram os educadores e disseram que iriam atear fogo em colchões.

Chamada para conter a situação, a Polícia Militar realizou uma vistoria e encontrou com os adolescentes serras e outros artefatos que seria utilizados em uma suposta fuga. "Mesmo sendo um sistema onde os internos passam apenas a noite na unidade, eles tentaram causar tumulto”, informa o tenente Thanack Hitler, da Tropa de Choque da Polícia Militar.

Segundo o major Iran Moura Soares, a rebelião foi causada sem motivação. “Não foi encontrado nenhum líder porque o movimento surgiu ao mesmo tempo com todos os internos. Ainda não sabemos a motivação. Caberá à direção comunicar ao juiz tudo que aconteceu, inclusive as ameaças aos educadores”.

Embora vizinhos afirmem ter ouvido gritos durante a madrugada e a Polícia Militar tenha sido chamada para contornar a situação, funcionários da sede do programa de semiliberdade negaram que tenha havido qualquer tumulto no local. Eles alegam que os policiais estavam apenas fazendo uma vistoria de rotina.

 

 

Flash de Carlos Lustosa
Redação Caroline Oliveira e Flávio Meireles
[email protected]

Imprimir