Cidadeverde.com
Geral

Delegacia de Acidentes abre inquérito para apurar morte de garoto na Estaiada

Imprimir


Populares fecharam acesso da ponte na noite do acidente

A Delegacia de Acidentes instaurou nesta segunda-feira (02) o inquérito para apurar a morte do garoto Marcos Vinícius Sousa Vasconcelos, 9 anos, atropelado no último sábado (29), na Ponte Estaiada João Isidoro Franca, na região conhecida como Morro da Esperança, zona norte de Teresina. A criança estava atravessando a via quando foi colhida por um carro ainda não identificado. Revoltados, moradores das proximidades interditaram a ponte e tocaram fogo em colchões e pedaços de madeira.

“Já instauramos hoje o inquérito para apurar o crime. Estamos aguardando as imagens das câmeras instaladas na ponte para identificar o veículo”, disse o delegado Sebastião Alencar, da Delegacia de Acidentes.

Até quarta-feira a Polícia Militar deve liberar as imagens e, segundo o delegado, será possível identificar o autor do atropelamento. “Vai dar pra descobrir quem é o autor, pois as câmeras pegam de frente. Pelo horário também será fácil a identificação”, diz Alencar.

Nenhum familiar foi ouvido ainda por conta da comoção com a morte do garoto. Segundo o delegado, a única informação repassada por parentes até agora é que teria sido uma caminhonete. “A família está em momentos de aflição e não temos maiores informações. De posse das imagens ainda esta semana chegaremos ao autor, que vai responder por homicídio

O pai da criança, Marcos Aurélio, disse durante entrevista hoje pela manhã à TV Cidade Verde que o filho foi jogado a 40 metros do local do acidente e aquela foi a terceira ocorrência na Ponte Estaiada em menos de uma semana. "Do jeito que aconteceu com meu filho, pode acontecer com os outros. Os motoristas passam aqui com mais de 140km/h", contou ao programa Notícia da Manhã.

Manifestações

Ainda de acordo com o pai da criança, caso a polícia não descubra e prenda o autor do atropelamento em 15 dias, as manifestações na ponte estaiada vão voltar. No sábado, motoristas tentaram furar o bloqueio feito pelos manifestantes e tiveram os carros danificados.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir