Cidadeverde.com
Últimas

Paris: Novo ataque tem dois mortos e 5 feridos em mercado judeu

Imprimir

                         Foto: Twitter / Reprodução

Um homem faz reféns em um mercado kosher (especializado na venda de produtos que seguem as leis alimentares do judaísmo) depois de trocar tiros com a polícia no leste de Paris, informou a AFP. Pelo menos duas pessoas teriam sido mortas, acrescentou a agência.

O tiroteio começou perto das 13h locais (10h de Brasília), no bairro de Porte de Vincennes, no leste de Paris. Naõ há informações oficiais sobre a quantidade de reféns, mas emissoras de TV locais afirmam que cinco reféns estariam no supermercado Hyper Cacher, entre eles, mulheres e crianças.

Se acordo com o The Independent, o sequestrador, que portava duas armas, teria dito à polícia: "vocês sabem quem eu sou". De acordo com notícias não confirmadas da mídia francesa, o homem seria o mesmo suspeito de matar uma policial em um subúrbio ao sul de Paris, na quinta-feira.

Uma fonte policial informou à Reuters, mais cedo, que ele seria membro do mesmo grupo jihadista ao qual pertencem os dois suspeitos do ataque ao jornal semanal Charlie Hebdo na quarta-feira.

A polícia usa uniformes à prova de balas e, segundo o jornal Le Monde, já teria evacuado a região. O tráfego no local foi bloqueado por razões de segurança. Um helicóptero e diversas viaturas estão na cena do sequestro.

"Eu ouvi tiros e vi um homem armado. Todo mundo saiu correndo. A polícia disse para eu permanecer dentro da minha loja", relatou uma testemunha à France24.

O Ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, está a caminho de Port de Vincennes, onde fica o mercado.  A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, declarou que está ciente da situação de horror no Porte de Vincennes e que "está indo ao local imediatamente".

 

Fonte: Terra

 

Imprimir