Cidadeverde.com
Geral

Em grupo de risco, idosos recebem orientações sobre o AVC em Teresina

Imprimir

Idosos atendidos no Centro de Convivência da Terceira Idade, em Teresina, receberam, nesta terça-feira (27), orientações preventivas da Semana Nacional de Combate ao AVC no Piauí. A campanha é uma realização da Associação Reabilitar, organização social sem fins lucrativos, através do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) e o Projeto Pense Bem AVC.

Uma palestra sobre o que é o AVC, os sintomas, tratamentos e como fazer para evitar a doença abriu a manhã de atividades. Formada for idosos que frequentam o local, a plateia aproveitou para esclarecer dúvidas.

João Zacarias, de 66 anos, também aproveitou o momento para aferir a sua pressão arterial. “Sempre me preocupo em saber como anda a minha saúde e me interesso em participar de atividades como essas”, conta.

Segundo a palestrante e enfermeira do Projeto Pense Bem AVC, Mary Ângela Canuto, os idosos estão dentro de um dos grupos de risco de ter AVC. “O nosso principal objetivo é levar a mensagem de que é possível evitar essa doença com alguns cuidados e mudanças de hábitos”.

Além da palestra, os idosos tiveram acesso a folders educativos e serviços gratuitos de saúde preventivos ao AVC, como aferição de pressão arterial.

As atividades da Semana Nacional de Combate ao AVC no Piauí iniciaram nessa segunda (26) e seguem até o dia 30 deste mês, em Teresina, Madeiro e Luzilândia.

Popularmente conhecido como derrame cerebral, o AVC é a segunda principal causa de morte no Brasil e a principal causa de incapacidade no mundo. Segundo dados do Ministério da Saúde, o Piauí, proporcionalmente à sua população, é o segundo estado do país em números de mortes por AVC.

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir