Cidadeverde.com
Política

Jornada ampliada cresce em 50% o tempo de estudantes na escola

Imprimir

?Nossa Educação só terá qualidade quando tivermos as crianças e professores em tempo integral. Agora chegou a hora?. Foi com essa declaração que o secretário estadual Antônio José Medeiros anunciou no Jornal do Piauí, o início do Programa Mais Educação que visa fazer com que as escolas piauienses funcionem em tempo integral.

 

As escolas que participam do projeto foram escolhidas pelo próprio Ministério da Educação (MEC) de acordo com o pior resultado no Indicador de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O programa será desenvolvido em duas etapas. A primeira etapa, que tem com o segundo semestre letivo de 2008 contempla a jornada ampliada. Nela, os alunos devem aumentar em 50% o seu tempo de permanência em 51 instituições de ensino de Teresina que foram reformadas pelo governo do Estado.

 

?Utilizaremos os recursos para reforço de merenda escolar, contratação de 390 monitores universitários e o MEC manda o material para as atividades?, explica Medeiros. Dentro da iniciativa, os estudantes da manhã irão para a escola à tarde duas ou três vezes por semana. O mesmo acontece com os alunos vespertinos que terão atividades extras pela manhã.

 

Na segunda parte do programa, que deve entrar em vigor em janeiro de 2009, as 51 escolas pioneiras passarão a funcionar integralmente, enquanto cem outras instituições no interior do Piauí funcionarão com sua jornada ampliada. De acordo com o secretário, a intenção é que os professores cumpram toda a sua carga horária em uma única unidade escolar.  ?Acho esse programa muito importante porque vai no ?miolo? que é a qualidade. Está provado no mundo inteiro que o aluno aprende mais quanto mais tempo passa na escola?, afirma Antônio José.

 

Para a ampliação do período de permanência dos alunos na escola, o governo do estado está investindo R$ 2 milhões na reforma das escolas de Teresina para adequar as instalações e construção de estruturas como refeitório, já que os estudantes devem  fazer suas refeições no próprio colégio. Antônio José Medeiros afirma ainda que a meta do MEC é que, até 2022, 100% das escolas públicas, tanto estadual quanto municipal, estejam funcionando na modalidade integral .

 

Salário

 

Sobre a implantação do piso nacional em educação, o secretário afirmou que o professor piauiense que recebe atualmente R$ 840 passará a receber R$ 920 em janeiro de 2009 e que este valor deve chegar a R$ 980 em janeiro de 2010.

Tags:
Imprimir