Cidadeverde.com
Política

TCE vê uso da máquina pelo governador do Maranhão

Imprimir
Auditorias do Tribunal de Contas do Maranhão e depoimentos de testemunhas à Justiça Eleitoral colocam o governador maranhense, Jackson Lago (PDT), sob suspeita de ter sido beneficiado pela máquina pública para eleger-se em 2006, informa nesta segunda-feira reportagem de Fernanda Odilla, publicada pela Folha (a reportagem está disponível apenas para assinantes do jornal e do UOL).
 

Segundo a reportagem, cerca de R$ 1 bilhão em convênios é apontado como alvo de supostas fraudes. Mais da metade desse valor teria sido depositado em contas de prefeituras, empresas e associações durante a campanha eleitoral, entre julho e novembro, e praticamente nenhuma obra teria sido executada por completo nesse período, de acordo com o TCE.

A defesa do governador nega as irregularidades apontadas e vê nas denúncias perseguição da família de José Sarney (PMDB), cujo grupo foi derrotado no pleito.

No governo maranhense, ninguém cogita a possibilidade de Lago ser cassado. "Esse processo é uma montagem. É choro dos Sarney. Eles são vingativos, não querem perder", argumentou o ex-governador do Maranhão José Reinaldo Tavares (PSB).
 
Fonte: Folha Online
Tags:
Imprimir