Cidadeverde.com
Geral

Polícia busca acusado de matar artesão e suspeita de latrocínio

Imprimir
O delegado Robert Bezerra, titular do 7º Distrito Policial (Parque Alvorada - zona norte) suspeita de latrocínio no caso do artesão morto em cada na madrugada de segunda-feira. Nesta terça (19), policiais ainda tentam localizar o principal suspeito do assassinato, conhecido como "Carlinhos 100 Grama".
 
Franxisco Xavier Fernandes Ferreira tinha 58 anos e foi morto com uma facada no pescoço na rede em que dormia, em sua residência no bairro Poty Velho, zona norte. O corpo só foi encontrado na tarde de ontem, depois que moradores estranharam a ausência do artesão, um dos mais antigos da região.

Testemunhas relataram que Francisco tinha bebido em um bar na noite de domingo, e os vizinhos sabiam que quando ele fazia isso estava com dinheiro guardado em casa. Alguns teriam visto Carlinhos no bar e até ouvido ele dizer que iria praticar o assalto. Roupas ensanguentadas foram achadas na cada da mãe de Francisco Carlos Araújo Correia, o "Carlinhos 100 Grama", que tem passagens pela polícia. Ainda não se confirmou, no entanto, se ele havia deixado a Casa de Custódia dias atrás.
 
Tags:
Imprimir