Cidadeverde.com
Geral

Grevistas não liberam trem enquanto não fecharem acordo com empresa

Imprimir

 
Os ferroviários, que estão em greve há oito dias, radicalizaram na tarde de hoje impedindo à passagem de dois trens de carga em protesto a falta de acordo com a empresa Transnordestina. A ferrovia que liga o Piauí ao Estado do Ceará está bloqueada há duas horas.


Clique ► e veja o vídeo
 
Neste momento, os grevistas estão na linha do trem formando um ?paredão? com agrupamento de pessoas, proibindo o deslocamento dos vagões com gasolina. A polícia foi acionada, bem como a tropa de choque para a retirada dos manifestantes.
 

Major Júlia Beatriz, coordenadora de Gerenciamento de Crises e Direitos Humanos da Polícia Militar está no local tentando intermediar o conflito.

O presidente do Sindicato dos Ferroviários, Claudionor Ferreira dos Santos, afirmou que a categoria está disposta até a ?apanhar? e que vai resistir até o último momento. Segundo ele, a empresa está irredutível e não cumpre o que promete nas mesas de negociações.

Liminar
A Polícia Militar está cumprindo a decisão do juiz Ferdinand Gomes dos Santos, da 1ª Vara do Trabalho, que determinou a desocupação da linha do trem. Lá, estão 20 homens do Rone e seguranças da empresa. Há manifestantes do PSTU e do Movimento dos Sem Terra.
 
Os dois trens continuam parados. Um tentando entrar no setor de descarga e outro querendo seguir para Fortaleza (CE). A confusão está no entroncamento da linha férrea próximo ao Dirceu Arcoverde.

Oficial
Os manifestantes estão pedindo para que o oficial de justiça aguarde até as 17horas, já que a empresa ficou de dar uma posição neste horário sobre as reivindicações dos grevistas. O oficial Anderson Castelo Branco de Almendra diz que não tem como aguardar mais e pede reforço policial.

Ana Cristina Figueiredo, advogada da empresa, está no local e disse que entende o direito de greve, mas o Sindicato está radicalizando. ?A empresa atua em sete Estados do Nordeste e em todos aconteceram as negociações, apenas no Piauí os trabalhadores não quiseram negociação?.
 
Atualizado às 18h40
 
Segundo o presidente da Central Única dos Trabalhadores no Piauí, Batista Honório, que reforça o lado dos grevistas, os ferroviários estão aguardando um fax enviado à sede do Ministério do Trabalho e Emprego em Teresina pela empresa Transnordestina Logística S.A. O documento deve trazer o resultado de uma reunião entre a cúpula da empresa que discute a situação dos trabalhadores piauienses.
 
Mesmo após anoitecer, os manifestantes continuam sobre os trilhos impedindo que os trens de carga circulem pela via.
 
Ferroviários de outros estados esperam a oportunidade de seguir... 
...enquanto os manifestantes ainda continuam firmes...
 
...e o veículo parado.
 
 
 
Flash Carlos Lustosa (Direto do local)
Fotos: Carlos Lustosa Filho
Tags:
Imprimir