Cidadeverde.com
Últimas

Diretoria diz que acusado de homofobia não é aluno do Dom Barreto

Imprimir
A secretária da diretoria do Instituto Dom Barreto, Isabela Rangel, entrou em contato com o Cidadeverde.com e informou que Luís Afonso de Oliveira Ferreira, de 18 anos, não é aluno da instituição de ensino. Nesta quinta-feira (21), ele foi levado para a Delegacia de Combate às Práticas Discriminatórias acusado de prática homofóbica enquanto manifestantes faziam divulgação da Parada da Diversidade.

Isabela Rangel informou que Luís não é aluno do Dom Barreto e nem da Escola Madre Maria Villac, mantida pelo Instituto. Luís disse na delegacia que estuda na escola, e estava com um grupo de colegas esperando uma sobrinha na praça da Liberdade, quando se deparou com a panfletagem. Ele disse que chamou a viatura para que a polícia contivesse o que considerou atentado ao pudor.
A delegada Kátia Esteves disse que o acusado negou ser preconceituoso. Ela afirmou ainda que, fora do depoimento, Luís teria dito a funcionários da delegacia que é filho de um vereador e tem um promotor como parente.

Yala Sena e Fábio Lima
[email protected]
Tags:
Imprimir