Cidadeverde.com
Política

Primeira-dama critica candidatos que excluem deficientes na capital

Imprimir

Durante o aniversário da filha Daniely nesta segunda-feira (25), a primeira-dama do Estado, Rejane Dias, condenou os candidatos a prefeito que não incluíram em seus programas de governo projetos voltados para as pessoas portadoras de deficiência. No comando da Coordenadoria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência - CEID -, Rejane disse que o conselho ligado à área vai buscar saber quais candidatos deixaram de lado a causa em suas propostas.

"Não se pode pensar em uma cidade sem acessibilidade, o que chamamos de cidade para todos", declarou Rejane, mãe de uma criança com deficiência mental. Daniely Dias, que completou hoje 11 anos, batizou o Centro de Reabilitação construido pelo Governo do Estado no bairro Cristo Rei, zona sul da capital.




Rejane confirmou que buscará os programas de governo dos candidatos em Teresina para conhecê-los e saber se realmente há propostas para pessoas com deficiência. "Teresina é a capital, o centro administrativo. É para cá que as pessoas se deslocam para tratamento", justificou a primeira-dama.

O Conselho Estadual pretende se reunir com os candidatos que não incluiram a causa em seus programas para que implantem os projetos. Rejane Dias disse que o preconceito diminuiu, mas não se chegou ao patamar ideal, e é preciso intensificar a rede de proteção aos portadores de deficiência. "É preciso trabalhar na área da educação, saúde, habitação voltado para beneficiar as pessoas com deficiência", concluiu.

Yala Sena (flash do Espaço Criança do Teresina Shopping)
Fábio Lima (da Redação)
[email protected]
Tags:
Imprimir