Cidadeverde.com
Geral

Em sabatina, Quem Quem propõe criar o "Soyets" e não aposta em voto protesto

Imprimir

Estreando a sabatina do portal Cidadeverde.com nesta terça-feira (30), o candidato Francisco das Chagas Costa Oliveira, o Quem Quem (PTN), falou das suas propostas para a cidade e afirmou que, para a disputa nas eleições 2016, fugirá mais do tom de humor das campanhas passadas. Além disso, ele apresentou alguns de seus projetos, como o de produção individual de energia elétrica solar e a sua venda chamado de “Soyets”.

A sabatina, comandada pela coordenadora do portal CidadeVerde, Yala Sena, e o jornalista Elivaldo Barbosa iniciou com perguntas sobre a apresentação do candidato para a população, que nas últimas campanhas apostou no humor para conquistar os votos de protesto, usando fantasias de personagens famosos. Quem-Quem destacou que isso foi uma estratégia para ser diferente e mostrar que teria propostas novas para a cidade e que “todos os candidatos são iguais”.

“Não é que o humor vai desqualificar. Na eleição passada não tínhamos advento da internet e não tínhamos advento de comunicação mais efetiva. Hoje estão conhecendo o outro lado do Quem-Quem. Estamos dentro, da medida do possível, tentando passar a segurança que ele precisa ter para votar no Quem-Quem”, destaca. “O eleitor naquela época viu no Quem-Quem o cara simpático e que no fundo via a proposta”, completa.

O candidato falou ainda de suas propostas para a mobilidade urbana. Segundo ele, o trânsito precisa de um cuidado especial, principalmente o transporte público, que deve receber internet e ar-condicionado, bem como um sistema de integração diferente construído através de consulta aos usuários. “Vamos fazer correções. As paradas [de ônibus] na [Avenida] Frei Serafim, na [Avenida] Miguel Rosa, e outras, que são no meio da avenida, que, ou você vai descer do ônibus ali e vai atravessar para a direita ou para a esquerda, vai correr risco de vida [...] Nós vamos fazer passarelas nessas paradas para o cidadão ter a escolha de proteger a vida dele. Porque se for fazer faixa, vai correr risco. Se for botar sinal, vai ser um caos no trânsito”, frisou.

Outra proposta destacada na sabatina foi de criação do que ele apelidou de “Soyets”, que visa a criação de uma empresa de energia solar. “Nós não temos os royalities? Pois vamos criar uma empresa de tecnologia em produção de energia solar. Em Teresina temos essa potencialidade de energia elétrica que não é explorada de jeito nenhum. Vamos criar, e depois de estarmos com a tecnologia dominada, vamos implantar nos bairros e casas, como do minha casa minha vida em que as casas vão receber o equipamento no teto. Vamos calcular o consumo da residência. Ele vai ter o consumo garantido e o excedente vamos vender pra Chesf. O que ele vender, vai ganhar a porcentagem”, explica.

 

Diego Iglesias
Redacao@cidadeverde.com

  • sabatina5.jpg
  • sabatina1.jpg
  • sabatina3.jpg
  • sabatina6.jpg
  • sabatina7.jpg
Imprimir