Cidadeverde.com
Geral

Escolas Filantrópicas estão fora das cotas da UESPI

Imprimir

Durante o lançamento do Edital do Vestibular 2009, a reitora da Universidade Estadual do Piauí, Valéria Madeira anunciou que 10% das vagas de cada curso serão disponibilizadas para o sistema de cotas. O número de vagas que era de 3.645 em 2008, passou para 4.370 em 2009, um incremento de 20%.

Serão beneficiados com a medida os alunos de que cursaram os ensinos fundamental e médio em colégios públicos e 5% do total de vagas das cotas são destinadas àqueles que se auto-declararem negros. Ficaram de fora do benefício os estudantes oriundos de entidades filantrópicas.

Para fazer parte do sistema de cotas, o aluno deve fazer realizar o processo de opção no ato da inscrição e comprovar que fez todo ensino fundamental e médio em escolas da rede pública estadual, municipal ou federal. Segundo a Uespi, as escolas filantrópicas estão de fora porque embora seus estudantes possam ser considerados carentes, a organização destas unidades de ensino é diferente.

?O objetivo do sistema de cotas é a valorização da escola e dos alunos de escola pública, porque em alguns cursos como medicina e direito, esses alunos não conseguem concorrer com aluno de escola particular. Mas nós precisamos somar esforços também para a qualidade da escola básica?, afirma Valéria Madeira.

Segundo dados da UESPI, em cursos como Medicina, de 80 a 100% das vagas chegam a ser preenchidas por discentes de escola particular.

Inscrição
As inscrições para o vestibular da universidade estadual vão de 8 a 26 de setembro. As provas acontecem 30 de novembro e 1º de dezembro. O valor da taxa é de R$ 90 para os estudantes de escolas particulares, R$ 45 para alunos de escolas públicas e R$ 27 para alunos de escola pública que concluiram o ensino médio entre 2004 e 2008.
 
Doadores de sangue e de medula óssea terão que pleitear a isenção da taxa, atendendo à documentação constante no Edital, na primeira semana de inscrição, conforme legislação em vigor. Para este Vestibular, 970 alunos foram isentos da taxa de inscrição, porque comprovaram baixa renda e passaram por seleção 
 
 
Flash de Caroline Oliveira
Redação de Carlos Lustosa
 

 
Tags:
Imprimir