Cidadeverde.com
Últimas

Aprovados em concurso da Guarda Municipal cobram início da atuação dos empossados

Imprimir

Um total de 50 aprovados no concurso da Guarda Municipal informaram que ainda não estão em exercício e não têm explicações para a demora. Em entrevista ao Cidadeverde.com, quatro dos aprovados disseram que estão aptos a iniciar o segundo curso de formação, mas não são autorizados. A prefeitura informou que a capacitação está sendo feita em etapas e que os aprovados estarão integrando em definitivo a Guarda até o fim de setembro. 

Maxwell Santillo, um dos aprovados, declarou que ele e os colegas estão prontos para iniciar o treinamento, mas sempre que buscam o comando da guarda, não recebem uma explicação satisfatória. 

"Nós não sabemos o motivo de não estarmos junto dos outros 50, que já estão em exercício, passando pelo treinamento e recebendo salário, enquanto sequer temos uma previsão. Queremos saber o que está acontecendo, temos até o fim do mês para assumir o cargo e a prefeitura impede. O prazo de até o fim do mês é nosso, não da prefeitura, nós é que podemos escolher quando tomar posse", informou. 

Segundo a prefeitura de Teresina, a capacitação está sendo feita por etapas, por isso apenas 50 dos 100 convocados já estão em treinamento. A prefeitura garantiu que até o fim do mês o restante também passará pelo curso. 

Além de Maxwell, Raumar Leal, Cleandro Sousa e Raniere Fortes declararam que o grande problema enfrentado é que os aprovados não recebem esclarecimentos de porque ainda não assumiram os cargos. "Sempre que procuramos, ninguém explica nada. E outra questão é que esses 50 primeiros já estão recebendo salário e nós não", disse. 

A prefeitura informou que os outros 50 empossados, antes de assumirem o cargo, ainda passarão pelo treinamento específico sobre a atuação na cidade, com reconhecimento dos locais - como o Lagoas do Norte - e capacitação estratégica. O curso de formação realizado na Acadepol, segundo a prefeitura, dizia respeito apenas à fase eliminatória e classificatória do concurso. 

 

Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir