Cidadeverde.com
Geral

Nazareno Fonteles pede cassação de Sílvio Mendes

Imprimir
A coligação "Teresina quer Muito Mais" entrou com uma Representação Por Conduta Vedada Aos Agentes Públicos em Campanha Eleitoral, com pedido de liminar, contra o candidato da coligação "Teresina Cada Vez Melhor", Sílvio Mendes (PSDB), que disputa a reeleição.
 
A ação pede a cassação do registro de candidatura, do diploma ou do mandato e ainda a aplicação de multa, que varia entre os valores de R$ 53 mil a R$ 106 mil.
 
O pedido foi protocolado na Primeira Zona Eleitoral, pelo advogado da coligação, Alexandre Nogueira.
 
O motivo da ação é a suposta distribuição de caso material de construção (aterro e areia), na região do São Joaquim, que estava sendo retirado de uma obra da prefeitura, em um residencial que está sendo construído para abrigar as pessoas que vão ser retiradas de locais de risco, por meio do Projeto Lagoa do Norte.
 
Esses materiais depositados nas portas das casas estavam sendo distribuído em imóvel onde funcionava a antiga ETURB (Empresa Teresinense de Urbanização), ligada à prefeitura.
 
-  "Temos provas, como imagens, fotos, depoimentos dos cidadãos que receberam o benefício, além das testemunhas", comentou Alexandre.
  
Segundo o advogado, não exige prazo fixo para tramitação ou julgamento do processo, mas como grande parte de outras provas necessárias está de posse da prefeitura ou da empresa que está realizando a obra, o juiz deve diligenciar para anexar novas provas ao processo.
 
-  "Então pode demorar um pouco porque depois das diligências ainda tem as oitivas das testemunhas e depois mais diligências. Mas a representação deve ser julgada num período bem menor do que o da Justiça Comum", enfatizou Alexandre.
 
Tags:
Imprimir