Cidadeverde.com
Geral

Laudo do IML diz que homem esquartejado foi morto com tiro na testa e a facadas

Imprimir
O diretor do Instituto Médico Legal - IML -, Raimundo Milton Martins, divulgou hoje a tarde que o homem que foi encontrado esquartejado, na manhã de hoje, teria morrido na última sexta-feira.

De acordo com o laudo, o homem foi esquartejado com faca ou facão, sendo eliminada a possibilidade de uso de machado, já que não há sinal de corte de osso. O corpo foi encontrado no terreno localizado em frente ao Cefet/PI, próximo a um posto de combustíveis, e apresenta muitas facadas e um tiro na cabeça.

O enterro do homem ainda não identificado está sendo providenciado para o final da tarde de hoje. O corpo será sepultado às pressas, pois encontra-se em estado avançado de putrefação.

Raimundo Martins disse que as digitais e o material para reconhecimento do corpo foram coletados. "Não tem como deixar para enterrar depois, o corpo está em estado de decomposição avançado". Ele será enterrado como indigente.
 
Veja Mais:
 
 
Da redação
Tags:
Imprimir