Cidadeverde.com
Esporte

Fundespi dá apoio e judoca vai ao Sul-Americano Infanto

Imprimir
O presidente da Fundação de Esportes do Piauí - Fundespi -, Francisco das Chagas dos Santos, garantiu o apoio à judoca Lilian Lopes (até 38kg), e confirmou sua presença na disputa do Sul-Americano Infanto-Juvenil. A atleta foi convocada de última hora nesta quarta-feira (3) após desistência de outra judoca, e viaja nas próximas semanas para competir em Guayaquil, no Equador.
No último Campeonato Brasileiro, disputado no final de agosto em Natal/RN, Lilian foi bronze ao perder para a carioca Larissa Guimarães na semifinal. A mesma Larissa abriu a vaga para a piauiense desistiu de disputar o Sul-Americano, que acontecerá de 18 a 22 de setembro. A campeã, Emília Cristina Lopes, do Ceará, tem vaga garantida no Pan-Americano, que será em dezembro na cidade de São Domingos, República Dominicana.

O técnico Abdias Queiroz Filho disse que os custos estimados da viagem são de R$ 2,5 mil. A Confederação Brasileira de Judô - CBJ - só arca com as despesas das categorias de base a partir do juvenil (15-16 anos). Segundo Chagas, o Piauí não pode cometer o mesmo erro que já prejudicou a atleta olímpica Sarah Menezes no início da carreira, e precisa garantir a presença das revelações do esporte em torneios como este.

Fábio Lima
[email protected]
Tags:
Imprimir