Cidadeverde.com
Política

Governador libera R$100 mil, mas alunos mantém protesto

Imprimir

Fotos: Yala Sena/Cidadeverde.com


O vice-reitor da Universidade Estadual do Piauí - UESPI, Carlos Alberto Pereira, telefonou para o governador Wellington Dias a pedido dos alunos dos cursos de Odontologia e Enfermagem de Parnaíba, que estão na reitoria da universidade reivindicando melhores condições de ensino desde a manhã desta terça-feira (9). Ele anunciou que o governador do Estado vai liberar verba no valor de R$ 100 mil para resolução dos problemas mais urgentes.

De acordo com o vice-reitor da instituição, o governador Wellington Dias compreendeu a situação dos alunos, que bloquearam a entrada da reitoria e já entraram  em confronto com policiais desde o início da manifestação. "Três alunos me procuraram e eu resolvi ligar para o governador. Ele se sensibilizou e liberou R$ 100 mil reais para resolução de problemas emergenciais. O dinheiro não resolve o impasse, mas ameniza".



Carlos disse ainda que os alunos continuam na portaria, já que o valor prometido não resolve todos os problemas dos dois cursos. Os estudantes cobram melhoria na clínica odontológica, contratação de novos professores, dentre outras reivindicações. Eles denunciam que falta de estrutura e até material de limpeza, além dos cursos não contarem com um biotério, laboratórios, e ar-condicionado nas salas.

Audiências
Na tarde desta terça, cinco estudantes foram recebidos pelos deputados estaduais Moraes Sousa Filho (PMDB) e Warton Santos (PMDB) e o secretário de Governo, Kléber Eulálio, no Palácio de Karnak. Eles pediram relatórios e se comprometeram a atender de imediato as reclamações de curto prazo. Outros quatro alunos em greve desde a semana passada foram recebidos por pró-reitores da instituição. Eles prometeram atender aos pedidos e pediram a convocação dos coordenadores de curso para discutirem os problemas.

Novo tumulto

No final da tarde, a reitora da UESPI, Valéria Madeira, conseguiu deixar o prédio da reitoria e os alunos entraram mais uma vez em confronto com os policiais que faziam a segurança do local e da reitora. Dessa vez, aparentemente ninguém ficou ferido.


Última atualização - 19h39

Indira Gomes
(TV Cidade Verde)
Fábio Lima e Melissa Costa (da Redação)

[email protected]

Imprimir