Cidadeverde.com
Entretenimento

Ana Hickmann admite que pensou em se separar do marido

Imprimir

Ana Hickmann fez uma revelação surpreendente a respeito do casamento de 19 anos com o empresário Alexandre Correa no "Programa da Sabrina", da Record, no último sábado (25). A apresentadora, que virou piada por sua sala gigantesca, admitiu que pensou em se separar do marido devido à brigas relacionadas ao trabalho. A apresentadora e o marido começaram a se relacionar quando tinham 16 e 26 anos, respectivamente.

'Achava que não era escutada', lembrou a apresentadora
"Nós dois nos conhecemos muitos jovens, mas não tínhamos nada, nem conta no banco. Foi antes de tudo. Casamos, fomos morar fora (do Brasil), e quando voltamos, começamos do zero. Eu aprendi tudo com ele. Mas, ao mesmo tempo que isso fazia bem, nos deixava forte, chegou a certa altura, que eu também queria colocar as minhas ideias e achava que não era escutada, por ser mais jovem. E isso acabou mexendo com o nosso relacionamento", avaliou em conversa com Sabrina Sato.

'Brigas por conta de trabalho', diz Hickmann
A apresentadora, vítima de um atentado em maio, disse que os desentedimentos com o marido eram relacionados à vida profissional. "Nunca brigamos por ciúmes, nunca teve 'lavação de roupa suja', porém, brigas por conta de trabalho começaram a acontecer. (O relacionamento) começou a estremecer. O trabalho e a vida pessoal começaram a se misturar de uma forma que a gente não sabia mais quando éramos marido e mulher, e quando éramos agente e modelo."

Alexandre lembra tempos difíceis
O empresário, que brincou com as dimensões da mansão com Hickmann, disse que as coisas eram fáceis quando o casal tinham menos coisas. "Eu só gostaria que as pessoas acreditassem nisso: não confundam quando uma celebridade é mais conhecida, vai enriquecendo... não pensem vocês que a vida de uma celebridade é mais fácil de ser conduzida, acontece que chega um momento que não dá mais para voltar atrás, é daí para frente."

Hickmann relembra atentado
Depois de ter sintomas de estresse pós-traumático, Hickmann fez um balanço do ano de 2016 após superar o atentado sofrido. "2016 foi o ano em que eu descobri que Deus realmente gosta de mim, em que ele me deu uma segunda chance pra ficar aqui. Eu tive que passar pela maior provação da minha vida, maior medo, maior sufoco, maior terror, mas ao mesmo tempo foi o ano em que eu descobri que eu tenho a coisa mais linda do mundo que é a minha família", avaliou em entrevista.

Fonte: MSN 

Imprimir