Cidadeverde.com
Geral

Dentista é preso por comprar voto em Parnaíba

Imprimir

No dia em que os candidatos ao pleito eleitoral 2008 não poderiam mais ser presos, salvo em flagrante delito, o candidato a vereador em Parnaíba, Higino Gomes de Aguiar (DEM),teria sido flagrado pela Polícia Federal, exercendo ilegalmente a profissão de dentista e comprando votos em seu consultório no litoral piauiense.

Após denúncia anônima, na noite de último sábado(20), a PF chegou ao candidato que supostamente é considerado dentista prático, ou seja, não possui formação em Odontologia e não possui licença para exercer a profissão.

Durante o flagrante delito, Higino resistiu à prisão, mas mesmo assim foi encaminhado à sede da PF em Parnaíba. A esposa do Democrata, Maria Luciana da Costa Pereira, também foi detida com o marido.

O advogado do casal encaminhou à 3ª Zona Eleitoral de Parnaíba o pedido de liberdade provisória, mas a juíza Regina Freitas se julgou incompetente para julgar o processo e encaminhou para o juiz da 4ª Zona, Olímpio.


 
Caroline Oliveira
[email protected]
Tags:
Imprimir