Cidadeverde.com
Política

Paulo Martins quer audiência para debater pesquisas eleitorais

Imprimir

O deputado Paulo Martins (PT) ocupou a tribuna, na sessão de hoje (22), para dizer que pretende requerer audiência pública para discutir a realização de pesquisas de opinião durante o período eleitoral.

Paulo Martins afirmou que o poder econômico está influenciando as pesquisas com o objetivo de manipular o eleitorado em favor de determinados candidatos.

O parlamentar petista disse que tem conhecimento de que determinados institutos adotam critérios diferentes para realizar pesquisas, dependendo de seus objetivos, se para avaliação pessoal de candidato ou partido ou se para divulgação pública.
 

Em aparte, o deputado João de Deus (PT) afirmou que a reforma política que está sendo discutida no País deve proibir a divulgação de pesquisas durante a campanha eleitoral.

O deputado Warton Santos (PMDB) declarou que só realiza pesquisa para o consumo interno, enquanto o deputado Mauro Tapety (PMDB) contestou números de pesquisas que dão vitória ao candidato adversário, ex-deputado federal B. Sá, em Oeiras. ?Nunca estivemos atrás?, acrescentou ele.

A deputada Lílian Martins (PSB) afirmou que é uma defensora ardorosa das pesquisas, ?pois se trata de um instrumento de trabalho valioso que temos?.

Paulo Martins denunciou ainda que, em Campo Maior, foram distribuídos jornais com pesquisa eleitoral em todas as 12 mil residências.

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Themístocles Filho (PMDB), afirmou, após pronunciamento de Paulo Martins, que cabe ao Congresso Nacional legislar sobre a questão das pesquisas no período eleitoral.
 
Fonte: Alepi
Tags:
Imprimir