Cidadeverde.com
Geral

Ex-prefeito denúncia agressão em Bom Jesus, mas prefeito nega

Imprimir

O ex-prefeito da cidade de Bom Jesus do Piauí, Marcos Elvas, fez uma denúncia por telefone durante o Jornal do Piauí desta quarta-feira (1º) em relação ao acirramento dos ânimos no município. De acordo com Elvas, uma situação de violência na cidade estaria sendo provocada pelo atual prefeito, Alcindo Piauilino, e seu correligionário José Divino teria sido gravemente agredido pelo seu grupo.

 

"Essa situação de violência já vinha nos preocupando. Desde anteontem, o grupo do atual prefeito impede nosso candidato de andar nas ruas de forma ostensiva. Ontem, infelizmente um correligionário nosso, Seu Zé Divino, foi violentamente agredido pelo grupo do prefeito, foi uma pancada muito forte na cabeça, inclusive ele ainda está de observação. O promotor acompanhou de perto o fato e isso nos traz uma certa confiança. Tememos a continuidade dessa agressividade. Isso é um dado triste de uma Bom Jesus que eu não queria ver mais", disse Elvas.

 

O prefeito de Bom Jesus do Piauí, Alcindo Piauilino, contestou a denúncia apresentada por Marcos Elvas e o acusou de usar esse tipo de arma para desestabilizar sua campanha política.

 

"O que aconteceu foi um triste fato isolado entre dois integrantes de grupos políticos distintos. Com certeza, o fato não possui a dimensão que o antigo prefeito colocou. Logicamente que quem está com 59% das intenções de voto e com mais de 60% de aprovação da administração não pode estar espalhando algum tipo de agressividade, muito pelo contrário, estamos tentando serenar os ânimos. Vejo essa denúncia como a única arma dos nossos adversários. Eles usam esse tipo de arma para tentar desestabilizar uma campanha séria, limpa, ética e transparente".
 
Da redação
Tags:
Imprimir