Cidadeverde.com
Política

Rubens Martins alerta Wellington Dias e declara 'a oposição não está apagada'

Imprimir

O deputado Rubem Martins (PSB) avaliou como positivo o balanço das atividades da Assembleia Legislativa do Piauí, no primeiro semestre do ano, sobretudo da atuação da oposição na Casa. Para ele, a oposição não está apagada como tem se comentado e será ainda maior, pois o governo não tem feito o seu dever de casa.

"Limpamos a pauta, não ficou nada significante que ficasse pendente. Nos colocamos frontalmente contra não apenas a privatização por privatização, mas a maneira irregular e traumática que está sendo feita a da Agespisa, das rodoviárias, recheada de irregularidades. O que ele está fazendo é privatização, é entregar o patrimônio do povo do Piauí para uma empresa privada. Entrega de uma forma e dentro de pouco tempo faz ajustes para favorecer a que venceu o certame", disse o deputado, criticando os processos de subconcessao que o governo iniciou no Piauí.

De acordo com Rubem Martins, o governador Wellington Dias (PT) está negociando com o setor privado. "Deixa no ar a dúvida de que isso é um grande negócio feito pelo governador", declarou nesta quarta-feira (11) na Alepi.

Ele ressaltou que ontem (11) foi votada a questão da majoração de aumento da alíquota do ICMS sobre telecomunicações, combustives e energia elétrica, projeto ao qual a oposição foi contra.

"Vai atingir a todos nós piauienses. Apenas sete deputados votaram contra a majoração, mas é um sinal de insatisfação do povo do Piauí representado aqui nessa Casa", destacou. 

A posição vai crescer e ser muito maior, conforme o parlamentar, porque tem surgido  no interior uma insatisfação com o governo Wellington que vai se propagar na Assembleia com o tempo.

"Lá nas nossas bases no interior é que sentimos o pulsar dessa oposição. Vemos prefeitos e lideranças com calhamaços e calhamaços de papel de promessas e autorizações do governador que não estão sendo cumpridas. A insatisfação dessas lideranças e do povo está surgindo agora. Daqui a pouco vamos ver o tamanho dessa oposição aqui na Alepi",  concluiu.

 

Flash Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir