Cidadeverde.com
Geral

Mudanças na rotatória da Ufpi e ponte interditada neste sábado; entenda

Imprimir

O trânsito de Teresina passará por mais uma mudança a partir deste sábado (15). Agora, a alteração será no entorno da rotatória da Universidade Federal do Piauí (Ufpi), na zona Leste de Teresina. Outra mudança, mas momentânea, é na ponte da Petrônio Portela (mais conhecida como Ponte da Primavera)m que será interditada hoje  para recapeamento asfáltico.

Rotatória da Ufpi

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) informou que a mudança de circulação de veículos no entorno da rotatória da Ufpi é para maior fluidez do trânsito, principalmente, na Rua Senador Joaquim Pires, além de facilitar a travessia de pedestres no local. 

Com a mudança, as pessoas que vierem da Ponte da Primavera com destino à UFPI devem seguir na Avenida Visconde da Parnaíba e dobrar à esquerda na Avenida Nossa Senhora de Fátima e seguir para a Universidade.

 Os condutores que seguem pela Avenida Nossa Senhora de Fátima no sentido João XIII para acessar a Avenida Visconde da Parnaíba devem fazer a conversão à direita na Rua Eletricista Guilherme, em seguida entrar à direita na Rua Angélica e acessar a Visconde da Parnaíba, fazendo com isso laço de quadra.

Ponte da Primavera

A partir das 13h deste sábado (15) a Ponte da Primavera, que liga as zonas Norte e Leste da cidade, será interditada para o tráfego de veículos por conta do recapeamento asfáltico do local. A via será liberada somente às 12h do domingo (16). A recomendação é que os populares utilizem rotas de trânsito alternativas.

 
O  investimento é de aproximadamente R$ 150 mil. "A obra é mais uma ação que visa a melhoria da mobilidade urbana de Teresina. O objetivo é facilitar a trafegabilidade de veículos, trazendo mais segurança e conforto aos motoristas", avalia o coordenador de asfaltamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Daniel Pereira. 
 
Fiscalização

A rotatória da Ufpi e a Ponte da Primavera estarão com agentes da Strans para orientar os motoristas com relação as mudanças e interdições. 


Da Redação 
[email protected]

Imprimir