Cidadeverde.com
Entretenimento

Justiça mantém investigação contra cunhado de Ana Hickmann

Imprimir

Fonte: Record

Empresário se envolveu em atentado cometido contra a apresentadora, em 2016


A Justiça de Minas Gerais determinou que dará prosseguimento ao processo movido contra Gustavo Henrique Bello Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann, no caso de homicídio de Rodrigo Augusto de Pádua.


A defesa alegou que o empresário agiu em legítima defesa, mas a juíza Âmalin Aziz Sant'ana, responsável pelo processo, não aceitou os argumentos e seguirá com as investigações.


“Afasto, nesse momento, as alegações da Defesa, ratifico o recebimento da denúncia e dou prosseguimento ao feito”, dizia decisão publicada no Diário do Judiciário.


De acordo com o “Uol”, entretanto, as audiências do processo ainda não foram marcadas.


Entenda o caso


Em 21 de maio de 2016, Rodrigo de Pádua atentou contra a apresentadora do “Hoje em Dia”, da Record, no hotel na região sul de Belo Horizonte, e acabou sendo morto pelo cunhado da modelo.

 

Gustavo foi enquadrado pelo Ministério Público no Artigo 121 do Código Penal, que prevê reclusão de 12 a 30 anos por homicídio qualificado.

 

Fonte: Famosidades

Imprimir