Cidadeverde.com
Geral

Prefeito baleado reconhece autor do atentado e polícia divulga foto do suspeito

Imprimir

Foto: Portal Corrente

Prefeito acena após ser submetido a cirurgia em Teresina

O delegado geral Riedel Batista informou ao Cidadeverde.com que o prefeito de Riacho Frio,  Adalberto Mascarenhas (PSB), o Betim, reconheceu o autor do atentado ocorrido no último sábado (8). 

"Tanto ele como a mulher e o segurança reconheceram o autor dos disparos", disse Riedel.

Segundo o delegado, todas as hipóteses estão sendo analisadas, mas ainda não se confirmou crime político. A Polícia divulgou foto do suspeito. 

Policiais civis e militares continuam as buscas pelo principal suspeito de atirar contra o prefeito Adalberto Mascarenhas, no último sábado(08). Identificado como Saulo Antonio José, a polícia acredita que ele esteja escondido no matagal nos arredores da cidade. 

Segundo major Marlon Hortêncio, comandante do 7º BPM, com sede em Corrente (a 30 km de Riacho Frio), o suspeito já cumpriu pena no presídio, tem um mandado de prisão em aberto por roubo e ainda é apontado como autor do duplo homicídio em que os corpos foram carbonizados

“Ele é suspeito de ter matado o casal, porque populares o virão com a moto da vítima e é uma pessoa muito perigosa e tem atitudes de psicopata”, afirmou o major Hortêncio.

Sobre o atentado ao prefeito, o comandante revelou que desde a eleição ele o ameaçava e que agora “sua raiva teria aumentado com a chegada de mais polícia na cidade”. “Depois que os familiares denunciaram o desaparecimento do padrasto e da enteada, aumento o movimento de policiais e ele ficou com mais raiva do prefeito dizendo que ele tinha chamado a polícia”, explica o comandante do 7º BPM. 

Saulo está escondido no meio do mato. A polícia encontrou um local que ele teria possivelmente passado, mas já abandonou. “É questão de tempo conseguirmos captura-lo”, destacou major Hortêncio. 

O delegado Yure Aranha, titular da Delegacia de Corrente, informou que o prefeito Betim foi ouvido informalmente enquanto está hospitalizado em Teresina e que sua esposa e segurança também devem prestar depoimento. 

Sobre os corpos carbonizados, o delegado disse que está providenciando a remoção da ossada para o Instituto Médico Legal (IML) em Teresina para passar por exames que possam ajudar na identificação. 

Saulo Antônio José, suspeito de atirar contra o prefeito


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Imprimir