Cidadeverde.com
Geral

Projeto quer proibir venda de refrigerantes em escolas de todo o Piauí

Imprimir

Foto: Agência Brasil

O deputado estadual Luciano Nunes (PSDB) apresentou, nesta segunda-feira (11), um projeto que proíbe a venda de refrigerantes nas escolas de educação básica públicas e privadas de todo o Piauí. A proposta começa a tramitar na Assembleia Legislativa do Estado. 

Veja o projeto na íntegra

O parlamentar justifica sua proposta como forma de ajudar no combate à obesidade infantil. Dados apresentados pelo deputado dão conta de que o mal cresceu cinco vezes nas últimas duas décadas, atingindo aproximadamente 10% das crianças do Brasil. 

"Um dos grandes vilões da obesidade infantil é o consumo indiscriminado de alimentos de alto teor energético e pouco nutritivos", argumenta Nunes, na justificativa do projeto apresentado na Alepi. 

Luciano Nunes destaca ainda a "importância que a alimentação na escola tem para a dieta dos alunos e de que a proibição da venda de refrigerantes no ambiente escolar pode contribuir sobre maneira para a formação de hábitos alimentares mais saudáveis". 

Um projeto parecido tramita em âmbito nacional desde 2007. A proposta do deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG) veta a venda de refrigerantes nas escolas de educação básica. No mês passado, a Comissão de Constituição de Justiça da Câmara dos Deputados aprovou o texto, que agora aguarda votação em plenário para ser encamihado ao Senado.

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Imprimir