Cidadeverde.com
Esporte

Lutas serão de quatro minutos; Brasileiro terá várias homenagens

Imprimir
Fotos: Fábio Lima/Cidadeverde.com

Abdias Queiroz é lembrado pelos 36 anos de Judô no Piauí

Por si só, o Campeonato Brasileiro Sênior de Judô já seria um grande evento. Mas a principal competição da modalidade no país vem ao Piauí recheada de novidades. Além de valer vaga ao campeão na seletiva do projeto Londres 2012, o torneio contará com o terceiro teste de uma mudança estudada pela Federação Internacional de Judô - FIJ -, com a redução do tempo de luta de cinco para quatro minutos.

Será a última avaliação antes do Mundial Júnior, no fim do mês, onde a mudança será homologada ou não. Mas não pára por aí. O Brasileiro Sênior terá ainda uma série de homenagens, entre elas ao patriarca do esporte no Piauí. Na última quinta-feira, foram comemorados 36 anos da chegada de Abdias Queiroz no Estado, implantando através de cursos na Polícia Militar a modalidade. Ele será um dos agraciados na solenidade de abertura no ginásio do Iate Clube, a partir das 9h deste sábado (11).



O anúncio da comemoração provocou até reação engraçada do presidente da Confederação Brasileira de Judô - CBJ -, Paulo Wanderley. Ao ouvir o aviso quando saia do congresso técnico, depois de falar no auditório, ele reclamou: "Ah, e você vem me falar isso só agora?!", disse, arrancando risos dos dirigentes presentes. Ele promete fazer referência ao assunto na abertura do torneio.

No congresso técnico, nada mais foi informado, mas o Cidadeverde.com adianta que autoridades, profissionais de imprensa e nomes importantes do judô serão homenageados. João Pereira, diretor nacional de arbitragem, será agraciado. Outro nome lembrado é o de Luiz da Mota Silveira, ex-presidente da Federação Pernambucana, que faleceu no último dia 19. O uniforme dos judocas da seleção piauiense contará com uma tarja preta e o nome dele em uma das mangas.



Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com
Tags:
Imprimir