Cidadeverde.com
Entretenimento

Latino lembra vício em drogas: "Cheirava para inibir a fome"

Imprimir

Fonte: SBT

"Tenho muita gratidão", contou Latino

 

Latino relembrou seu passado difícil durante entrevista ao "The Noite", do SBT, na última segunda-feira (6). O músico, que era morador de rua no Méier, no Rio de Janeiro, confessou que usava drogas para inibir a fome.


"Naquele momento eu cheirava muita cola para inibir a fome, as drogas nossas eram cola de sapato", contou a Danilo Gentili.

 

E continuou: "Quando eu tinha 9, 10 anos, minha mãe tinha casado com um gringo e me deixou com meu pai. Foi um momento muito difícil, meu pai tinha me expulsado de casa, eu estava morando com uma tia muito humilde em Engenho de Dentro e, quando eu ia para o centro do Méier, passava dias sem voltar para casa".

 

Com o tempo, a situação do cantor foi melhorando. "Depois virei o cara que intermediava os moleques de rua e os pregadores. Engraxava o sapato deles, comia os restos de comida deles. Cruzei por um ano ou dois com eles ali e fui muito bem tratado. Tenho muita gratidão."

 

Latino ainda fez questão de agradecer sua mãe, Regina Dirce de Souza: "Ela descobriu e mandou uma passagem pros Estados Unidos. O Edir Macedo falou: 'Vai, vai ser bom para você'. Se eu não tivesse seguido os conselhos deles, talvez não tivesse seguido o caminho que seguido o caminho que segui".

 

Fonte: Famosidades

Imprimir