Cidadeverde.com
Geral

Enem: quem faltou não poderá pedir gratuidade em 2018

Imprimir

A ausência em 2017 terá impacto em edições futuras do Enem. Os participantes que tiveram isenção do pagamento da taxa de inscrição este ano e não compareceram para as provas precisam justificar a ausência com um documento oficial. 

A justificativa será realizada no período de inscrições de 2018. Quem não tiver justificativa para a ausência e se enquadrar nos critérios de isenção não terá direito ao benefício no futuro. 

A exceção são os concluintes do Ensino Médio  na rede pública, automaticamente isentos. A regra, anunciada no início de 2017, juntamente às outras mudanças do Enem, é uma das medidas do MEC e do Inep para reduzir o prejuízo aos cofres públicos com a ausência de participantes.

Ocorrências 

As equipes de aplicação de provas do Enem registraram cerca de 106 ocorrências (com destaque para 50) em todo o país no segundo dia de provas, realizadas neste domingo (12).

Conforme informações repassadas, equipes de cinco escolas de Brasília (DF) relataram perturbação do sossego por causa do som alto nas proximidades dos locais de prova.

Em Londrina (PR), um aluno foi pego com o celular entre as pernas após o início da realização das provas. A polícia foi acionada e o aluno foi retirado da sala.
Um mini microfone foi encontrado no chão do pátio da Escola Nossa Senhora das Graças, em Candeias (BA). O aparelho foi levado para a Polícia Federal para investigação. A suspeita é do uso de ponto eletrônico.

Já na cidade de Santo Antônio de Jesus (BA), assaltantes abordaram alunos e roubaram os celulares de cinco adolescentes que aguardavam a abertura dos portões do Colégio Costa e Silva.

Uma candidata em Macapá (AP) chegou atrasada ao local da prova por ter sofrido uma tentativa de assalto.

Fonte: G1

Imprimir