Cidadeverde.com
Política

“É prematuro dizer que PMDB vai deixar base se não tiver vice”, diz Severo

Imprimir

O deputado estadual Severo Eulálio (PMDB) afirmou que é prematuro dizer que o PMDB pode deixar a base do governo, caso não consiga à vaga de vice na chapa para reeleição do governador Wellington Dias (PT).

Na sua fala nesta quarta-feira (6) após a sessão na Assembleia Legislativa, é possível perceber que a possibilidade, comentada nos bastidores políticos, de fato existe. 

“É prematuro falar em saída de base, em rompimento. Essas negociações só vão realmente acontecer em 2018, que é quando se aprofundam as conversações. Nós estamos buscando entendimento e o PMDB, é claro, vai continuar lutando pela vaga de vice, como todos os outros da base têm o direito de lutar por isso”, destacou o parlamentar. 

Severo Eulálio acredita que através do diálogo tudo será decidido. “Temos que chegar a um entendimento entre todos os partidos da base aliada. É justo que PP reivindique, justo que o PMDB também. E do mesmo jeito que PP não abre mão, o PMDB também não abre mão de estar na mesa de negociação e a nossa ideia é de indicar o candidato à vice”. 

De acordo com o deputado, tem que haver uma discussão ampla. “Todos os partidos têm que estar de acordo porque temos que montar a melhor chapa possível para que a gente possa ganhar as eleições de 2018”.

Ele considera ainda que não será uma eleição fácil. 

“Não pensem que está decidida. Então é importante que os arranjos sejam feitos de forma harmoniosa, que a base esteja em harmonia, pra que todos estejam imbuídos do mesmo sentimento de trabalhar pelo Piauí e reeleger o governador Wellington Dias para dar continuidade ao trabalho.

Flash Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com 

Tags: serveroPMDB
Imprimir