Cidadeverde.com
Geral

Governador diz que “nada vai trazer Emily de volta” e garante assistência à família

Imprimir

O governador Wellington Dias afirmou nesta terça-feira (9) que o Estado está garantindo toda a assistência necessária à família de Emily Caetano, 9 anos, morta por um policial em abordagem da PM no final de 2017. 

Wellington Dias diz que o pai, o cantor Evandro Costa, que por ter sido atingido com um tiro na abordagem, perdeu parte da audição- está sendo atendido pela assistência social e por uma equipe médica.

“Nada vai trazer de volta a vida dessa criança, infelizmente. [...] Agora temos que cuidar de seres humanos. Para isso a área da assistência social já vem acompanhando a família. Hoje está agendado com a equipe médica para ver o problema auditivo do pai. Estamos vendo também apoio social de um programa de auxílio e com a Agência de Habitação, vendo as condições de contemplar a família”, contou o governador. 

Ontem o chefe do executivo estadual recebeu a mãe, o pai e a irmã de Emily. 

O gestor também falou sobre as mudanças na equipe administrativa. De acordo com ele, os diálogos para as alterações das secretarias, cujos titulares devem sair para se candidatar, começarão em março e os nomes devem ser substituídos por pessoa da própria equipe administrativa. 

Ao encarar a saída de secretários como normal, Wellington Dias falou brevemente que as conversações para mudanças de nomes acontecerão a partir de março. “Normalmente, são pessoas da própria administração, para evitar descontinuidade dos serviços”.


Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

Imprimir