Cidadeverde.com
Geral

Colisão entre ônibus deixa 20 pessoas feridas e trânsito lento na Frei Serafim

Imprimir
  • e7973c4b-a794-4e94-a833-4695a5a76dbc.jpg
  • b7143feb-9424-4237-99ea-b06eef15e471_(1)_1.jpg
  • afc7264c-97d9-4447-9ab7-8003d7f209ac.jpg
  • a750f8e4-9a3b-4d99-ad0b-86ae0b00484e.jpg
  • 08d4a1ee-6916-42f0-af25-2f897de4f70e.jpg
  • bb72cac5-30b3-48b9-a595-171686f9ad34.jpg
  • 1ad843d4-8a8f-4d23-999a-c5c6b3032bc1.jpg

Atualizada às 9h01

Dois ônibus se chocaram no cruzamento da avenida Frei Serafim e Rua Coelho de Resende no Centro de Teresina, no início da manhã desta quarta(10). Uma das linhas é a 610 do bairro Três Andares que ficou com a frente parcialmente destruído. O outro veículo faz linha para Timon. O trânsito em toda a avenida está complicado mesmo horas depois do acidente.

No local é possível ver estilhaços de vidros e borrachas no asfalto. Até a placa da rua também foi derrubada. .

De acordo com o tenente Lima, do Corpo de Bombeiros, cerca de 20 pessoas ficaram feridas e 14 foram encaminhadas para o Hospital de Urgências de Teresina (HUT). 

Algumas foram atingidas pelos estilhados dos vidros quebrados e outras se machucaram com a forte colisão. 

A perícia está no local para descobrir as causas do acidente, mas a Strans acredita que um dos ônibus teria invadido o sinal fechado. 

Os motoristas que tentam trafegar pela avenida Frei Serafim enfrentam um grande congestionamento e com o trânsito muito lento. Os agentes tentam dar vazão ao tráfego. 

A Companhia Independente de Trânsito (CIPtran) também foi acionada. O trânsito ficou bastante congestionado no sentido zona Leste - Centro, desde a ponte Juscelino Kubitschek. 

Segundo o HUT, os pacientes possuem escoriações, mas até o momento nenhum precisou passar por cirurgia. A que precisa de cuidados redobrados é uma mulher grávida de 13 semanas que sofreu um trauma abdominal e uma pancada na cabeça, que passou por ultrassom e deu normal. Todos devem ficar em observação, por no mínimo, seis horas. Dos 14 pacientes, três estão em observação e uma vai passar por cirurgia de fratura de punho. 

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

Imprimir