Cidadeverde.com
Esporte

Gabriel Jesus volta a jogar e Manchester City é campeão na Inglaterra

Imprimir

Foto: Adrian Dennis / AFP

Recuperado de uma lesão no joelho esquerdo, o centroavante Gabriel Jesus foi acionado no final do segundo tempo da partida que fez o técnico espanhol Josep Guardiola conquistar o seu primeiro título a serviço do Manchester City. A contundente vitória por 3 a 0 sobre o Arsenal, neste domingo, em Wembley, assegurou o troféu da Copa da Liga Inglesa ao time que contou ainda com os brasileiros Danilo e Fernandinho (saiu na etapa final, lesionado) como titulares.

Sem ser ameaçado pelo Arsenal em nenhum momento da decisão com jogo único, o Manchester City passou a contabilizar cinco títulos da Copa da Liga Inglesa, somando o de 2018 aos de 2016, 2014, 1976 e 1970. Guardiola também está próximo de ser campeão inglês, já que a sua equipe tem larga vantagem na tabela de classificação, com 72 pontos ganhos, contra 59 do grande rival e vice-líder Manchester United.

Focado exclusivamente na Copa da Liga Inglesa neste fim de semana, o City abriu o placar diante do Arsenal já aos 17 minutos do primeiro tempo. Substituindo o brasileiro Ederson, o goleiro chileno Bravo cobrou tiro de meta direto para o ataque. O argentino Agüero foi inteligente para levar vantagem sobre o alemão Mustafi, avançou em direção à área e concluiu por cobertura.

Inofensivo, o Arsenal viu o City sacramentar o triunfo e a obtenção da taça antes da metade do segundo tempo. Aos 12 minutos, a bola foi rolada para Agüero bater da entrada da área após cobrança de escanteio. O capitão Kompany desviou no meio do caminho e empurrou para dentro.

Sete minutos mais tarde, veio o golpe fatal. Danilo enfiou a bola para David Silva do lado esquerdo da área. O espanhol girou bem e finalizou cruzado, sem dar chances de defesa ao goleiro colombiano Ospina.

O técnico francês Arsene Wenger entrou em ação a partir de então, mandando Welbeck e Iwobi a campo nos lugares de Chambers e Ramsey, mas o Arsenal já não tinha qualquer poder de reação. Do outro lado, Guardiola promoveu o retorno de Gabriel Jesus após quase dois meses, no posto do alemão Sané. O ex-palmeirense foi bastante aplaudido pelos torcedores do City. Àquela altura, os do time rival já começavam a ir embora e a desfalcar o público de 85.671 expectadores em Wembley.

Arsenal, fora da zona de classificação às competições europeias do Campeonato Inglês, e Manchester City irão se reencontrar já na quinta-feira. O confronto válido pela Premier League será disputado no Emirates Stadium.

Fonte: Gazeta Esportiva

Imprimir