Cidadeverde.com
Política

Secretário diz que governo vai atender pedido da Caixa e alterar prestação

Imprimir

O secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, disse nesta segunda-feira (12) ao Cidadeverde.com que o governo do Estado vai atender o pedido de alterações feito pela Caixa Econômica Federal, sobre a prestação de contas para justificar a liberação da primeira parcela do empréstimo no valor de R$ 315 milhões, de um total de R$ 600 milhões. 

“A Caixa pediu alterações no formato de entrega da prestação de contas e o Estado do Piauí entregará a prestação no formato requerido”, afirmou o gestor.

O assunto causou grande discussão na Assembleia Legislativa na manhã desta segunda-feira (12). A oposição informou que irá recorrer à Justiça Federal para ter acesso ao documento da prestação de contas. Os deputados denunciam irregularidades.

De acordo com o deputado Gustavo Neiva, documentos provariam que o governo teria utilizado o dinheiro do empréstimo para outros fins. Desde o ano passado pedimos explicações. Existem várias irregularidades. O dinheiro foi liberado para uma conta específica e o governo colocou na conta única. As obras listadas para a Caixa não foram realizadas. Cancelou empenhos que chegam a R $ 1 bilhão. Isso é crime. Apresentou a prestação de contas e pediu de volta. A Caixa negou esse documento aos deputados e devolveu ao governo”, disse. 

O líder do Governo na Assembleia, deputado João de Deus, afirma que a oposição tenta criar um fato político. “O governo entregou a prestação como o prometido. Agora a Caixa fez uma nova exigência e é preciso se adequar. A oposição tenta criar um fato que não existe”, disse. 

Lídia Brito
redação@cidadeverde.com

Imprimir