Cidadeverde.com
Esporte

Marta exalta 3 a 0 e parceria com Cristiane após Brasil garantir vaga no Mundial

Imprimir

A seleção brasileira feminina de futebol ficou a um empate de assegurar o título da Copa América ao vencer a Argentina por 3 a 0, na última quinta-feira, em La Serena, no Chile, e também já garantiu classificação para o Mundial que será realizado no próximo ano, na França, pois, na pior das hipóteses, terminará a competição continental como vice-campeã.

As duas primeiras colocadas do quadrangular final da Copa América vão ao Mundial de 2019, assim como a campeã também leva uma vaga direta nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020 e a segundo colocada jogará uma outra repescagem contra uma nação da África por uma segunda vaga no grande evento.

Após o sexto triunfo do Brasil em seis jogos no torneio continental, a estrela Marta e Cristiane festejaram a vitória e o sucesso da parceria entre as duas, pois saiu dos pés da camisa 10 o cruzamento que resultou no gol da atacante e abriu o caminho para a vitória da seleção, no início do segundo tempo, antes de Thaisa e Debinha ampliarem para 3 a 0.

“A gente não começou com aquela intensidade que a gente sabe colocar dentro de campo e isso tudo se transformou em motivação para voltamos para o segundo tempo bem diferentes, já atacando com aquela agressividade na bola, e conseguimos fazer o primeiro gol no comecinho”, afirmou Marta, em entrevista ao canal de TV da CBF.

“Esse gol também nos deu uma motivação muito grande e no segundo tempo a gente conseguiu dominar a equipe delas, fizemos três gols e poderíamos ter feito até mais”, completou a jogadora eleita cinco vezes a melhor do mundo pela Fifa.

Marta também destacou a importância de o Brasil fechar a sua campanha na Copa América com uma nova vitória no domingo, às 19 horas (de Brasília), contra a Colômbia, embora a seleção só precise de um empate para ficar com a taça. “A gente veio aqui com o objetivo de fazer sete finais. São sete jogos e temos o objetivo de ganhar todos. E até aqui estamos conseguindo isso”, ressaltou.

Marta ainda festejou o novo capítulo de sucesso da longa parceria de 14 anos que já tem com Cristiane na seleção. “Nós jogamos juntas há muito tempo e é muito bom porque temos muito entrosamento. Agora eu fazendo uma posição diferente, a gente não consegue tabelar muito dentro da área, antes jogávamos mais juntas ali na frente. 

Mas eu disse para a Cris, quando eu pegar a bola, vou para linha de fundo, fazer uma jogada individual e vou jogar na área para você fazer o gol. E assim foi”, disse a camisa 10 do Brasil ao comentar a jogada que abriu o placar do duelo desta quinta.

Cristiane, por sua vez, exaltou a boa mescla entre jogadoras experientes e jovens que o técnico Vadão vem promovendo na seleção, que contra a Argentina viu a meio-campista Formiga, de 40 anos, dar passe para Debinha, de 26, marcar e decretar o 3 a 0 para as brasileiras.

“Durante muito tempo sempre se falou muito de Marta, Cristiane e Formiga, e é muito bom ver essas meninas mais novas chegando e dando conta do recado. Como a Bia, Thaisinha, Andressinha, Debinha”, lembrou a atacante.

 

Fonte: Terra

Imprimir