Cidadeverde.com
Política

Dudu diz que chapa pura só será definida em junho durante encontro

Imprimir

A discussão sobre o formato das chapas proporcionais para as eleições 2018 está longe do fim. O PT não quer ceder e aceitar o chapão proposto pela maioria dos partidos da base aliada ao governador Wellington Dias. A justificativa é que uma chapa pura oxigenaria o partido, como prevê a lei eleitoral para os pleitos eleitorais a partir de 2020, onde coligações não serão mais permitidas.

É" uma defesa que o PT fez lá atrás. O partido tem defendido por entender que é uma forma de oxigenar o partido. A partir de 2020 não existe mais a chapa proporcional", disse  o vereador em entrevista à TV Cidade Verde.

O assunto voltou a ser debatido hoje internamente no escritório do deputado federal Assis Carvalho. 

"O governador está tratando com os aliados, cada partido tem a sua estratégia. O PT tem esse direito. É chapa pura para federal e estadual", defende o vereador.

O assunto só encerrado definitivamente, de acordo com o parlamentar, em julho. "Essa discussão só será sacramentada no dia 20 de julho no encontro de delegados", finalizou.

Foto: Wilson Filho

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Imprimir