Cidadeverde.com
Cidade Verde Amarela

Brasil é favorito, mas todos têm chances no grupo, diz atacante sérvio

Imprimir

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

Dono de cinco títulos mundiais e vice-líder do ranking da Fifa, o Brasil é o favorito a ficar na primeira colocação no Grupo E da Copa do Mundo. Até mesmo os rivais da seleção brasileira reconhecem isso, ainda que confiem na possibilidade de surpreender.

Nesta quarta-feira (13), o atacante sérvio Aleksandar Prijovic concedeu entrevista coletiva e ressaltou que tudo pode acontecer. "O Brasil é o favorito, mas todo mundo tem suas chances. Nesse sistema de competição, se você cometer um erro, dificilmente poderá consertá-lo. As chances estão abertas para todos", disse o jogador de 28 anos, que defende o PAOK, da Grécia.

A Sérvia, que se prepara em Svetlogorsk, faz sua estreia na Copa do Mundo no próximo domingo (17), às 9h (de Brasília), contra a Costa Rica, em Samara. Depois, no dia 22, pega a Suíça em Kalingrado. O duelo contra o Brasil é pela última rodada, dia 27, no estádio do Spartak, em Moscou.

O foco do time que é o 34º do ranking da Fifa está, por enquanto, está na estreia contra os costa-riquenhos. "Costa Rica é a nossa final. Não precisamos falar sobre outros rivais agora", disse Prijovic, que aguarda com ansiedade especial o duelo frente os suíços.

Nascido na Suíça, ele chegou a servir a seleção sub-21 do país. "Pode ser uma situação estranha, porque joguei com diversos jogadores que hoje estão do outro lado. Há muitas pessoas dos Balcãs, então será um clássico especial. Não há ninguém mais motivado para esse jogo do que eu."

Voltar Cidade Verde Amarela
Imprimir