Cidadeverde.com
Política

Jeová critica sistema Inthegra e diz: "só é bonito no papel"

Imprimir

A tregua na relação  entre o presidente da Câmara de Teresina,  vereador Jeová Alencar  (PSDB), e o prefeito de Teresina, Firmino Filho  ( PSDB), parece ter chegado ao fim. O presidente da Câmara fez duras críticas ao Sistema Inthegra. Jeová esteve no Tribunal de Contas do Estado (TCE) acompanhando do vereador Dudu ( PT). Eles conversaram com o presidente Olavo Rebelo sobre a auditoria no sistema de transporte da capital.

O vereador criticou o modelo que é considerado pelo prefeito Firmino e aliados como uma revolução. 

"É uma iniciativa do vereador Dudu ( PT). Esse sistema só é bonito no papel. É pouco tempo para fazer muita coisa, mas é muito tempo para não ter melhorado nada", disse o presidente.

A postura de Jeová foi interpretada por alguns vereadores da base como o anúncio de que de fato ele passa a ser oposição. Desde que a relação dele e do prefeito ficou abala depois da eleição da Mesa Diretora da Câmara, Jeová sempre buscou assumir uma postura de neutralidade. Essa é a primeira vez que ele faz críticas tão contundentes contra a administração de Firmino.

"Até o momento o teresinense não tem o que comemorar. Torcemos para que Teresina tenha um transporte público melhorado", declarou.

Nos bastidores há a informação de que Jeová estaria negociando a filiação ao MDB. Jeová nega a mudança de legenda agora. O nome dele também é colocado para ser candidato a prefeito de Teresina em 2020.

"Não temos motivos para sair do PSDB agora. Não estamos pensando nisso. Estamos focado no nosso mandato como vereador. Qualquer decisão quanta a isso e candidatura fica para o futuro", disse.

Lídia Brito
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir