Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo estuda nova renovação com Paquetá para aumentar multa

Imprimir

O Flamengo está temerário em perder Lucas Paquetá nesta janela de transferência e por isso, após o recesso, quer agendar uma reunião com o jogador e seu empresário, Eduardo Uram, para prolongar ainda mais seu vínculo com o clube e, assim, ter um novo aumento da multa rescisória para clubes do exterior, o que, por agora, vai precaver o clube com sua joia.

O empresário de Lucas Paquetá esteve na Europa recentemente e rumores dão conta que alguns clubes já estariam prontos para fazer proposta pelo jogador.

Ao Flamengo, apenas sondagens e nada oficial. Mas a diretoria sabe que se alguém chegar com os 50 milhões de euros - cerca de R$ 219 milhões - não terá como segurar o jogador, até porque o próprio já revelou o desejo de atuar no Velho Continente.

Com contrato até 2020, o Flamengo pensa em renovar com Paquetá até 2022, aumentar sua multa para algo que gire em torno de 80 milhões de euros (cerca de R$ 350 milhões). A ideia é só liberar o meia-atacante pelos R$ 219 milhões, agora. A diretoria já avisou isto ao staff de Paquetá.

Alheio a tudo isso, e por estar na pré-lista dos 35 convocados de Tite para a Copa do Mundo, Paquetá não esconde que quer atuar no futebol europeu. Mas também promete muito empenho ao clube que o formou.

Lucas Paquetá é um dos principais jogadores do Flamengo na temporada (Gilvan de Souza/Flamengo)

- Tenho contrato. Foi o clube que cresci e me tornou o que sou hoje. Espero continuar a dar alegrias para a torcida. Sempre sonhamos em jogar na Europa, mas estou no maior do Brasil e quero continuar - destacou.

PRIORIDADE SEGUE PARA O VALENCIA

Desde a chegada de Diego Alves ao Flamengo, Lucas Paquetá é alvo do Valencia, da Espanha. Tanto que quando o goleiro foi contratado, Lucas teve a prioridade dada ao clube espanhol, em caso de ofertas. O Valencia precisa igualar qualquer valor oferecido ao Rubro-Negro.

Isto é, caso o Flamengo aceite propostas abaixo da multa contratual, será preciso consultar o Valencia antes para saber se o clube tem o interesse de igualar valores e levar Lucas Paquetá. 

Com o aumento gradual da multa rescisória e com a possível renovação que está sendo planejada, sabe-se que dificilmente os espanhóis vão arcar com os valores oferecidos por concorrentes.

Na época que o acordo foi fechado, a multa de Lucas Paquetá ainda não girava na casa dos R$ 200 milhões. Naquele momento também, a única proposta oficial pelo jogador foi do Dinamo de Kiev, da Ucrânia, por valores muito abaixo do que o Flamengo queria e as conversas não foram abertas, quando os ucranianos souberam da pedida.

PELO MENOS ATÉ DEZEMBRO

Ciente que ficará de mãos atadas em caso do pagamento da multa rescisória, o Flamengo espera manter Lucas Paquetá até dezembro, pelo menos, mesmo em caso de negócio nesta janela da transferências. As saídas de Felipe Vizeu e Vinícius Júnior já foram consideradas grandes baixas do elenco, além de um possível adeus de Paolo Guerrero.

Por isso, o Flamengo tem como projeto abrir qualquer rodada de negociação com ideia de pedir para o meia seguir por mais seis meses a um ano na Gávea. Além disso, as dificuldades impostas pelo mercado neste momento para contratar também pesa contra.

Por fim, a ideia de ficar com Paquetá também passa pela comissão técnica, já que o jogador é considerado um dos mais importantes da equipe, no atual momento.


Fonte: Lance 

Imprimir