Cidadeverde.com
Geral

Plamta: repasses de fevereiro e março devem ser pagos até julho, diz Sefaz

Imprimir

O Sindicato dos Hospitais do Piauí deu um prazo de 30 dias para que o Governo do Estado, por meio da Sefaz, faça o pagamento referente ao mês de fevereiro e março deste ano dos serviços do Plamta. Segundo o sindicato, os atrasos somam mais de R$ 14 milhões e em caso de paralisação dos atendimentos podem afetar cerca de 200 mil usuários dos planos.

O superintendente do tesouro estadual, Emilio Júnior, informou que a Sefaz já repassou o valor relacionado ao mês de fevereiro para a conta do Iaspi (antigo Iapep) nesta segunda e em dentro de até 3 dias será repassado para as clínicas e fornecedores. O repasse referente ao mês de março deverá ser pago até o dia 16 de julho.

“Com isso aí a gente fica praticamente em dia, porque aí fica faltando só o mês de abril que tá previsto o estado repassar no final do mês de julho”, explica Emílio.

Emílio afirmou que esses repasses seguem um cronograma que podem durar até 60 dias para serem repassados e tem dificuldades por se tratar de um problema estrutural das receitas do estado, que prioriza os pagamentos de folha de servidores e programa de acordo com repasses federais pagamentos de servidores.

Durante os 30 dias de prazo o sindicato dos hospitais, clínicas e laboratórios garante que os beneficiários dos planos terão atendimento garantido, mas apelam para que o acordo seja cumprido pelo Governo do Estado.

“Não adianta só negociar, a negociação precisa ser cumprida. Isso até o presente momento não tem sido definido, então esse é o temor que nós temos. Nós demos um prazo mais do que generoso para que a Secretaria da Fazenda analise que ela possa se estruturar e que possa nos fazer uma proposta que ela possa cumprir”, explica Jefferson Campelo, presidente do Sindicato dos Hospitais do Piauí.

No mês de maio neste ano o sindicato já havia cogitado a possibilidade de paralisar os atendimentos do plano, uma vez que estava atrasado o repasse desde dezembro. Com o novo prazo, governo tem até dia 19 de julho para quitar os meses em atraso. 

Rodrigo Antunes
redacao@cidadeverde.com

Tags: Plamta
Imprimir