Cidadeverde.com
Política

Em seminário, Luciano critica governo e fala em plano de desenvolvimento

Imprimir

Foto: Ascom

Intensificando as discussões sobre os problemas do Estado e ouvindo os anseios da população para formatar um plano de desenvolvimento para o Piauí, o pré-candidato ao Governo do Estado, deputado estadual Luciano Nunes, conduziu neste sábado, em Oeiras, o sétimo Seminário “O Piauí pode dar certo”. O parlamentar conseguiu reunir representantes de 15 municípios que integram o polo de desenvolvimento do Vale do Canindé, entre eles o prefeito de Oeiras, Zé Raimundo, além de vereadores e lideranças políticas da região.

“Estamos realizando esse encontro andando todo o Estado do Piauí, fazendo uma verdadeira cruzada com o sentimento de indignação com o Estado que temos hoje e imbuídos da motivação de mudança e transformação que o Piauí precisa. Estamos convidando as pessoas à reflexão. É esse Piauí que nós queremos? Está tudo bem no nosso Estado? Nós não concordamos e somos contra a um governo que prima pelo projeto político em detrimento das pessoas. Wellington Dias teve 12 anos para mudar essa realidade e não mudou”, disse Luciano Nunes.

O deputado destacou alguns dados, que segundo ele, retratam bem a realidade do Estado do Piauí. “Temos o terceiro pior índice de analfabetismo do Piauí, chegando aos 17%, até hoje temos estudantes sem frequentar aula por falta de pagamento de transporte escolar, já são cinco meses de atraso no pagamento. Os professores estão em greve porque o governador não cumpre o piso nacional do magistério. A Saúde serve como moeda de troca e os hospitais servem apenas para acomodação política. Tem como não se indignar? Pois é assim que o Governador faz a saúde do nosso Estado. A segurança pública está um caos, com o sucateamento das delegacias, sem homens nas polícias civil e militar. Como podemos ter segurança pública? O Estado está bom para eles que estão no governo, mas está ruim para o povo”, destacou o pré-candidato.

Foto: Ascom

Para o vereador Letiano Vieira, de Oeiras, o seminário é importante na medida em que motiva todos pelo sentimento de mudança. “Precisamos ter esperança de que o Estado do Piauí terá um rumo diferente do que está tendo hoje, que possa ter um serviço público eficiente, reduzindo a máquina pública, qualificando os servidores públicos, investindo na educação, na segurança, na infraestrutura do Estado, e na produção, fazendo com que as pessoas possam produzir, gerando riqueza e dando dinamicidade à economia do Piauí, e deixando a riqueza aqui para que possamos tocar o nosso dia a dia”, afirmou.

Este é o sétimo de uma série de 12 seminários que acontecerão até o mês de julho. Os municípios de Piripiri, Bom Jesus, Paulistana, Floriano, Parnaíba e Campo Maior já receberam a atividade. Receberão ainda os seminários os municípios de São Raimundo Nonato (polo Serra da Capivara) no próximo sábado (30); Uruçuí (polo Tabuleiro do Alto Parnaíba); Teresina (polo Entre Rios); Valença (polo vale do Sambito) e Picos (polo Rio Guaribas).

Foto: Ascom


Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir