Cidadeverde.com
Esporte

Fabíola Molina leva ouro e recorde sul-americano

Imprimir
Fabíola Molina conquistou a medalha de ouro nos 100 metros costas da etapa de Estocolmo da Copa do Mundo de piscina curta com o tempo de 58s67. O resultado lhe valeu o novo recorde sul-americano da prova e a marca de ter, pela primeira vez no ano, nadado abaixo de 59 segundos.



O melhor tempo continental da prova em piscina de 25 metros era de 58s98 e pertencia a Fabíola Molina desde o ano passado. O recorde havia sido conquistado justamente em Estocolmo. O fato de repetir a quebra no mesmo palco de 2007 foi bastante celebrado pela brasileira após a saída da piscina.

"Esta lugar é de fato bastante especial. Fico muito feliz de ter conquistado esse recorde novamente aqui", disse a nadadora em entrevista ao canal Sportv.

Fabíola Molina foi seguida pela russa Anastasia Zueva, que bateu a mão em 58s72. O bronze foi para a australiana Sophie Edington, que marcou 59s17.

Desgastada pela primeira prova, Fabíola voltou para a água para disputar os 100 m medley e não conseguiu se dar bem. A brasileira chegou a virar na terceira colocação na modalidade costas, mas acabou ficando para trás na seqüência e fechou a prova na sétima e penúltima colocação com o tempo de 1min01s61.

A medalha de ouro na prova ficou com a finlandesa Hanna-Maria Seppala 59s07. A sueca Hanna Eriksson ficou com a prata e o tempo 1min01s05. Sophie Edington, da Austrália, completou o pódio com a marca de 1min01s43.

Fabíola soma agora 15 conquistas ao longo da temporada da Copa do Mundo de piscina curta. A brasileira já havia comemorado a conquista de uma medalha de prata na prova de 50 m costas na última terça-feira. No total foram oito medalhas de ouro, cinco de prata e duas de bronze.
Tags:
Imprimir