Cidadeverde.com
Esporte

Atlético-MG goleia e põe Vasco em risco novamente

Imprimir
O Atlético-MG conseguiu uma vitória importante, nesta quarta-feira, em jogo único na abertura da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. No Mineirão, a equipe de Belo Horizonte goleou o Vasco da Gama por 4 a 1 e se manteve firme na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana do próximo ano.



A vitória faz o time mineiro pular da 12ª posição para a 10ª, agora com 47 pontos conquistados, dois a mais que Vitória e Sport, que ocupam as duas últimas colocações do grupo das equipes que lutam com ele por uma vaga na competição sul-americana.

Depois de uma série de quatro confrontos sem derrota - com três vitórias e um empate -, o Vasco, por sua vez, permanece com 37 pontos, e pode retornar à zona de rebaixamento após o fechamento da rodada, no final de semana.

No primeiro turno, quando as duas equipes se enfrentaram em São Januário, o Vasco goleou o Atlético-MG por 6 a 1. Na ocasião, a diretoria atleticana anunciou a saída do técnico Alexandre Gallo logo depois da partida.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o São Paulo, atual líder da competição, em São Januário, às 17h (de Brasília) do próximo dia 23. No mesmo dia, a partir de 19h10, o Atlético-MG visita o Sport, na Ilha do Retiro.

Logo no início da partida, a equipe cruzmaltina levou o primeiro susto. Renan Oliveira recebeu cruzamento na área, aos 2min do primeiro tempo, dominou mal e permitiu que Rodrigo Antônio afastasse a bola, impedindo o chute do atacante atleticano, de frente para o goleiro Rafael.

Não demorou, contudo, para os donos da casa balançarem a rede adversária. Aos 10min, Castillo aproveitou cruzamento de Renan Oliveira e inaugurou o marcador em Minas Gerais. O Atlético-MG ampliou a vantagem aos 31min: Renan Oliveira recebeu dentro da área e tocou na saída do arqueiro vascaíno.

O melhor lance do Vasco ocorreu aos 38min. Wagner Diniz tocou na direita para Leandro Amaral, que chutou cruzado e viu a bola passar por Edmundo e Rodrigo Antônio, que não chegaram a tempo de desviar para a rede da meta defendida por Édson, que substituiu Juninho, com dores nas costas, ainda na metade da etapa inicial.

A formação carioca voltou mais ofensiva depois do intervalo. No começo do segundo tempo, os donos da casa se fecharam mais e passaram a atuar na medida de contragolpes, mas sem muita velocidade e objetividade.

Aos 11min, porém, uma jogada de ataque definiria o andamento da etapa final. Castillo dominou cruzamento de Pedro Paulo e Rafael cometeu pênalti, assinalado pelo gaúcho Leandro Pedro Vuaden. Na cobrança, Leandro Almeida converteu com perfeição.

Quatro minutos depois, Jonílson derrubou Pedro Paulo na área e mais uma penalidade máxima foi marcada. Leandro Almeida, em nova cobrança, decretou a goleada no Mineirão: 4 a 0.

Aos 23min, em cobrança de falta pelo lado esquerdo do ataque, ninguém desviou e a bola chutada por Madson entrou direto, diminuindo para os vascaínos. Nos acréscimos, o atacante Leandro Amaral ainda desperdiçou cobrança de pênalti.
Tags:
Imprimir