Cidadeverde.com
Esporte

Mudança na Sul-Americana seria em 2010, diz Conmebol

Imprimir
O campeão da Copa Sul-Americana pode disputar a Libertadores a partir de 2010, afirmou Néstor Benítez, porta-voz da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

"A idéia é que o último classificado do país campeão da Libertadores dispute uma repescagem com o vencedor da Sul-Americana", comentou Benítez.

O porta-voz da entidade explicou que o assunto será debatido pelo Comitê Executivo na reunião prevista para o próximo dia 24, um dia antes do sorteio da edição número 50 da Copa Libertadores.

"A idéia pode entrar em vigor no ano de 2010, porque a Libertadores do ano que vem será neste mesmo formato", disse. A fórmula atual reúne 35 times dos dez países filiados e outros três do México. Em uma fase preliminar, entre 12 equipes são definidas seis para a fase de grupos.

Brasil e Argentina aparecem com cinco equipes cada, enquanto Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela e México têm três. O Equador contará pela primeira vez com quatro times por conta do título conquistado pela Liga Deportiva Universitaria de Quito (LDU).

O único representante brasileiro já confirmado para 2009 é o Sport, campeão da Copa do Brasil. Além dele e da LDU, estão Lanús e River Plate (Argentina), Everton (Chile), Libertad (Paraguai), Universitário (Peru) e Defensor (Uruguai), além de Caracas, Táchira e Deportivo Anzoátegui (Venezuela).
Tags:
Imprimir